segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Hospital Santa Genoveva conscientiza sobre o Dia Mundial do Diabetes

Dr. Joel R Heitor Filho -  Endocrinologista
Criado em 1991 pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o Dia Mundial do Diabetes, comemorado no dia 14 de novembro, tem o objetivo de promover ações que conscientizem a população em relação à prevenção da doença. O Hospital Santa Genoveva busca incentivar e promover ações que visam ao controle do diabetes e suas complicações.
O diabetes é uma doença crônica na qual o corpo não produz insulina, o hormônio que controla a quantidade de glicose no sangue. De acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), existem mais de 13 milhões de pessoas vivendo com diabetes atualmente, o que representa 6,9% da população e este número é crescente.
Segundo a Federação Internacional de Diabetes, a doença cresce em todo o mundo e existe a previsão de que em 2035 mais de 600 milhões de pessoas tenham diabetes, o que significa que possa existir um adulto diabético para cada dez adultos no planeta.
Para o endocrinologista do Hospital Santa Genoveva, Joel R Heitor Filho, a existência de uma data dedicada a esse assunto é de extrema importância, uma vez que é uma doença silenciosa e aproximadamente 40% das pessoas não têm o diagnóstico, mas são diabéticos.
Ainda, de acordo com o médico, o diabetes tipo 2 acomete cerca de 90% dos pacientes, enquanto o tipo 1 acomete cerca de 9,5%. 0,5% é destinado aos tipos mais raros do diabetes, como o MODY, sigla em inglês para Maturity Onset Diabetes of the Young, que significa diabetes juvenil de início tardio. “O tipo 2 está mais presente entre adultos com história familiar e está mais relacionado aos hábitos de vida inadequados, como alimentação com alto teor de açúcar e gordura e sedentarismo. Já o diabetes tipo 1, surge geralmente na infância ou adolescência  e os pacientes precisam usar insulina frequentemente”, disse Joel.
“Essa é uma doença assintomática e indolor, o paciente só tem sintomas quando a glicemia está muito alta, normalmente acima de 250 mg/DL, o que dificulta a procura por tratamento médico”, finaliza o endocrinologista.
  
Principais características 

Sede excessiva, perda rápida de peso, apetite exagerado e muita vontade de urinar..

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Hospital Santa Genoveva conscientiza sobre o Dia Mundial do Diabetes
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial