segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Grupontapé de Teatro apresentará espetáculo “Tempo de Águas” no teatro da Assembleia de Minas Gerais, em BH

Balaio Popular
Às vésperas de comemorar 23 anos de estrada, o Grupontapé de Teatro de Uberlândia-MG celebrará o aniversário (18/11) com muito trabalho. A trupe estará na capital mineira, no próximo fim de semana, e fará duas apresentações: “Balaio Popular” com a direção de Fernando Limoeiro -  uma das peças mais antigas da companhia -, no dia 16 de novembro, às 20 horas, na sede do Grupo Candongas, e a mais recente montagem do Grupo: “Tempo de Águas”, dirigido por Inês Peixoto do Grupo Galpão de BH, dentro da programação do Projeto Zás da Assembleia Legislativa de Minas Gerais - ALMG, no dia 17, às 12 horas, no palco do teatro da ALMG localizado Rua Rodrigues Caldas, nº. 30, no bairro Santo Agostinho.
A circulação pela cidade de Belo Horizonte está contemplada no Projeto Grupontapé 22 anos de Teatro - Manutenção e Programação, aprovado pela Lei Estadual de Incentivo à Cultura. “A capital é a última cidade prevista no projeto e nós estamos muito entusiasmados com essas duas apresentações, tanto pelo ‘Tempo de Águas’, que será a primeira vez em BH, e também por apresentar na Cia Candongas, um grupo parceiro do Grupontapé e que tem um trabalho de resistência em BH”, comenta a diretora do Grupontapé, Katia Bizinotto.   
Segundo o produtor da companhia de teatro uberlandense, Rubem dos Reis, o profissionalismo do Grupontapé resultou em trabalhos ininterruptos neste ano. Mesmo com a equipe reduzida de 30 para 14 pessoas, a trupe driblou a crise, sem cessar os trabalhos. “A nossa característica sempre foi de nos reinventarmos para nos mantermos em atividade. Quando olhamos de maneira totalmente profissional para aquilo que fazemos e não temos medo de trabalhar, as oportunidades chegam. O Grupontapé conseguiu sobreviver a mais um ano graças a criatividade de nossa equipe e o apoio das Leis de Incentivo à Cultura e aos fiéis patrocinadores. São 23 anos de estrada. Uma história de sucesso pautada na garra e no profissionalismo de todos”, destaca.

Os espetáculos
Balaio Popular
Concebido na linguagem do teatro de rua, o espetáculo Balaio Popular do Grupontapé de Teatro une a pesquisa do universo da cultura popular feita pelo grupo e o trabalho do diretor Fernando Limoeiro, professor do Teatro Universitário de Belo Horizonte, e referência do teatro de rua e da cultura popular.
            É um espetáculo que diverte e emociona e que mostra as tradições populares e a religiosidade com enfoque principalmente no universo mineiro. As cenas resgatam a arte de contar histórias e traz lendas, parlendas, brincadeiras infantis, provérbios, jogos de adivinhação e cantigas populares que perduram de geração em geração. De forma simples e lúdica, o espetáculo “Balaio Popular” é um convite para a valorização das nossas raízes.

“Tempo de Águas”
O espetáculo “Tempo de Águas” é interpretado pelas atrizes Katia Bizinotto e Katia Lou com a direção da atriz e diretora Inês Peixoto do Grupo Galpão de Belo Horizonte. A peça tem duração de 60 minutos.
A montagem conta a história de duas mulheres, uma velha e a outra jovem que, confinadas por causa de uma tempestade, refletem sobre a condição de suas vidas em meio a atritos e entendimentos. Um encontro inesperado que traz à tona revelações de um universo feminino, sobretudo humano. 
“Tempo de Águas” é um texto da dramaturga Patricia Zangaro - autora argentina de diversos textos teatrais, que coleciona muitos prêmios - e recebeu a tradução em português do ator e diretor Eduardo Moreira (Grupo Galpão) e Katia Lou, atriz do espetáculo. O Grupontapé é a primeira companhia de teatro a montar esse texto, no Brasil. No elenco, estão as duas atrizes cofundadoras do Grupo: Katia Bizinotto e Katia Lou e, na retaguarda, toda a equipe da trupe envolvida no processo.

O Grupontapé de Teatro
            Criado em 1994 na cidade de Uberlândia, o Grupontapé tem como missão o desenvolvimento humano por meio do teatro. Realizou diversas montagens de vários autores e de própria autoria, proporcionando reflexão com sensibilidade ao público pelas diversas cidades que circulou, no Brasil e na América Latina.
Focado no processo do teatro de grupo e atuante na organização e representação política da atividade teatral em Uberlândia e no Estado, para além de seus espetáculos o Grupo propõe, desde 1998, ações de formação e intercâmbio, e, em 2001, com a conquista da sede, suas oficinas permanentes de teatro ganham o nome de Escola Livre do Grupontapé de Teatro.
Fazer um teatro que comunica com o público e que aborda questões ligadas à condição humana sempre foram escolhas naturais do Grupo durante seus 22 anos de trabalho continuado.

SERVIÇO
O quê: Grupontapé em BH
Quando: 16 e 17 de novembro de 2017
Horários e Locais: Dia 16/11 – 20 horas – Sede do Grupo Congonhas
Dia 17/11 – 12 horas – Teatro da Assembleia Legislativa de Minas Gerais - Rua Rodrigues Caldas, 30, Santo Agostinho
Entrada franca
  
Ficha Artística e Técnica de “Balaio Popular”
Roteiro: Grupontapé
Direção: Fernando Limoeiro
Elenco: Cássio Machado, Juliana Nazar, Katia Bizinotto, Katia Lou e Laércio
Duração: 30 min.

Ficha Artística e Técnica de “TEMPO DE ÁGUAS”
Texto: Patrícia Zangaro
Tradução: Eduardo Moreira e Katia Lou
Direção e Concepção Artística: Inês Peixoto
Elenco: Katia Bizinotto e Katia Lou
Direção de Texto: Babaya Morais
Caracterização: Mona Magalhães
Assistência de Direção: Juliana Nazar
Cenário e Figurino: Inês Peixoto e Flávio Arciole
Iluminação: Alexandre Galvão e Juliano Rodrigues


Compartilhar

Postagens Relacionadas

Grupontapé de Teatro apresentará espetáculo “Tempo de Águas” no teatro da Assembleia de Minas Gerais, em BH
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial