terça-feira, 24 de outubro de 2017

Projeto “Programa de Formação” capacita profissionais para processo de adoção legal



Programa é uma idealização da Pontes de Amor. Ao final do curso, os participantes recebem um certificado

O projeto “Programa de Formação” é uma atividade realizada por meio de oficinas, que prioriza o trabalho em grupo e tem como objetivo disseminar práticas que contribuam para o sucesso da adoção legal, e que promovam convivência familiar e comunitária saudável às crianças e adolescentes em condições de institucionalização. Além disso, visa promover maior unidade de pensamento e ação na rede de proteção e garantia dos direitos da criança e do adolescente.
O programa é uma idealização da Pontes de Amor, primeiro grupo de apoio a adoção legal em Uberlândia, que este ano comemora cinco anos de atividade na cidade e região. A inspiração para o projeto surgiu a partir do “Novos Vínculos”, realizado pelo Aconchego - Convivência Familiar e Comunitária, em parceria com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e o Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente.
O projeto é realizado semestralmente aos sábados. Os locais dos encontros são indeterminados, porque são cedidos por parceiros da cidade. O “Programa de Formação” já foi realizado em Araguari e São Paulo e tem como público-alvo, técnicos da Vara da Infância e da Juventude, promotoria da infância e da juventude, gestores, cuidadores, educadores e equipe técnica das entidades de acolhimento, conselheiros tutelares e de direitos, além de profissionais de organizações não governamentais e organizações da sociedade civil de interesse público.
Ao final do curso, que tem carga horária de 16 horas, todos os participantes receberão certificado de participação. A psicóloga da Pontes de Amor, Anyellem Rosa, explica que o projeto vale-se dos conhecimentos da psicologia, psicodrama, sociodrama, teoria das redes sociais, teoria sistêmico-construtivista e assessments do Coaching.
“São realizados seminários, palestras, jogos dramáticos e dinâmicas de grupo, entre outros recursos. Para receber o certificado, é exigida a participação mínima 80% da carga horária do curso. O projeto é administrado pela equipe técnica de psicólogos, coaches, assistentes sociais, administradores, advogados, professores universitários e outros especialistas na temática da Pontes de Amor. O grupo é coordenado por uma equipe de profissionais capacitadas pelo projeto Novos Vínculos para replicar metodologias dos programas de preparação de famílias para adoção e apadrinhamento afetivo”, contou. 

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Projeto “Programa de Formação” capacita profissionais para processo de adoção legal
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial