segunda-feira, 16 de outubro de 2017

EAD tem cerca de 5 milhões de alunos no Brasil



De acordo com o último Censo EAD BR 2016/2017, no Brasil cerca de 5 milhões de alunos estudaram pela modalidade de Educação à Distância em 2016.
A demanda por EAD é crescente e já está sendo oferecida em polos em todo o país, tanto em capitais como em regiões interioranas, representando 26% da educação superior no Brasil. Pesquisa de uma empresa desenvolvedora de conteúdo e tecnologia para EAD, líder de mercado, aponta que o ensino superior a distância corresponderá a 51% do mercado em 2023.
Atualmente, cerca de 200 instituições atuam no segmento e outras 100 já pediram autorização ao Ministério da Educação (MEC). A maioria das universidades, 42%, estão no Sudeste.
O crescimento se justifica pela redução de vagas de programas como o Fies – Programa de Financiamento Estudantil, pela flexibilidade de horário, pela popularização da banda larga, pelo crescimento da classe C e ainda pela economia, já que as mensalidades da EAD são até quatro vezes mais baratas do que as de cursos presenciais.

Personagem
Francisco Eduardo Sousa Viana tem 37 anos e sentiu na pele a falta que uma graduação faz no mercado de trabalho. Ele conta que por não ter um diploma, sempre esteve na média de salários do cargo que exercia e que viu muitas portas se fechando. “Sou de Fortaleza (CE) e comecei a trabalhar muito cedo, aos 12 anos, para sustentar a família. Não tive como estudar antes”, contou.
Hoje, Francisco Eduardo faz o 6º período do curso de Letras, da EAD da Universidade Anhanguera em Uberlândia, e diz que optou por este tipo de ensino por causa da flexibilidade de horário. “Trabalho de manhã e à tarde, e às vezes a noite também. Não tinha como estar em uma sala de aula. Mas, tive que criar uma rotina, porque estudar a distância exige disciplina e foco no objetivo”, disse.
Em 2016 e 2017, já dentro do ciclo da crise econômica que se aprofundou no país, um novo perfil de alunos começou a entrar com maior peso na educação a distância: egressos do ensino médio passaram a considerar a EAD como opção natural de continuidade para o ensino universitário. Com isso, rompe-se com a noção histórica de que a EAD atenderia apenas os excluídos do ciclo natural de escolarização. Esse ainda é um fenômeno inicial, mas já indica claramente uma maior aproximação entre o perfil de alunos nas modalidades presencial e a distância.

Oportunidade
A Universidade Anhanguera, em Uberlândia, conta hoje com 32 cursos de graduação e mais de 40 de pós-graduação. “Nas modalidades semipresencial e totalmente on-line, temos buscado oferecer a melhor metodologia de ensino, com tecnologia de ponta, estrutura além do que se é padrão e mecanismos que contribuem com a formação e inserção do acadêmico no mercado”, disse a Diretora, Fabíola Bento Soares.
O último Censo EAD.BR registrou os primeiros 3 cursos de EAD em nível de doutorado, além de um aumento de 84 cursos na educação básica para 113 na referida categoria.
No próximo vestibular da Universidade Anhanguera, que acontece dia 21 de outubro das 8h às 17h, em Uberlândia, o aluno passa a contar com novas opções de curso também, entre os quais estão: Recursos Humanos; Serviços Jurídicos e Notariais; e Produção Industrial.
Outra ótima novidade para o aluno da Universidade Anhanguera em Uberlândia é que aquele que pagar as duas primeiras mensalidades do semestre em dia estará apto a concorrer com isenção das demais mensalidades do 1º semestre de seu curso. “É a campanha Semestre Premiado, através da qual a Universidade vai isentar o aluno premiado em 80% do valor do 1º semestre”, contou a diretora da instituição.

Serviço:
O quê: Vestibular EAD 2018
Quando: 21/10 das 8h às 17h
Onde: Universidade Anhanguera - Uberlândia
*Unidade João Naves – Av. João Naves de Ávila, 785 – (34) 3239-5200
*Unidade Roosevelt – Av. Cesário Crosara, 2347 – (34) 3306-5070
Inscrições:  www.vestibulares.br ou nos endereços acima, podendo ser feito no próprio dia do vestibular.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

EAD tem cerca de 5 milhões de alunos no Brasil
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial