quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Temporada de Teatro Trupe de Truões começa dia 7 de Outubro em Uberlândia

Espetáculos a preço popular acontecerão no Ponto dos Truões até dia 22. Depois disso, Truões partem para apresentação internacional. 
Zapato busca Sapato - Foto Ninguém dos Campos
Uberlândia vai receber em Outubro mais uma iniciativa da Trupe de Truões que está completando 15 anos de trabalho dedicado não somente à pesquisa e criação teatral, mas especialmente à formação de público na cidade.
É a Temporada de Teatro Trupe de Truões que vai acontecer de 07 a 22 de Outubro no Ponto dos Truões com apresentação de espetáculos a preço popular. “A Temporada faz parte do projeto ‘Programa Casa Aberta: 15 anos de Trupe de Truões’ que está sendo viabilizado pela Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais com patrocínio do Instituto Algar, e tem como objetivo dar continuidade às nossas atividades de formação de público. Vem como uma forma de manter em repertório trabalhos do grupo, além de proporcionar a Uberlândia uma programação contínua de teatro”, diz Amanda Barbosa, integrante da Trupe de Truões.
Durante a Temporada, serão apresentados dois espetáculos. Um deles - Zapato busca Sapato - é o mais recente e fruto de uma parceria internacional. Já o outro - Ali Babá e os 40 Ladrões – é uma das primeiras concepções do grupo que ganhou nova montagem em 2014 e com a qual a Trupe viajará em seguida para apresentação internacional. “A escolha dos dois espetáculos para a Temporada em Uberlândia tem a ver com o momento atual em que estamos conseguindo romper fronteiras internacionais. Zapato busca Sapato é dirigido por Clarissa Malheiros - que apesar de ser brasileira vive há 35 anos fora do País, tem co-produção da cia La Máquina de Teatro do México, por onde o espetáculo está circulando com outro elenco, e ainda dramaturgia do moçambiquenho, Rogério Manjate, unindo desse modo três países de três diferentes continentes. Já o espetáculo Ali Babá e os 40 Ladrões é o primeiro com o qual conseguiremos levar a Trupe de Truões toda para fora do País. Logo após a Temporada em Uberlândia, partiremos para o Chile. Fomos selecionados para apresentá-lo na feira internacional, FITA Chile, para curadores de vários festivais mundiais”, comemora Amanda.

Serviço:
Temporada de Teatro Trupe de Truões
Período: 07 a 22 de Outubro, sempre às 18h
Ingressos: R$ 20 (inteira) R$ 10 (meia)
Local: Ponto dos Truões – Av. Ana Godoy de Souza, 381 - Santa Mônica – Uberlândia (MG)
Programação:
Espetáculo Zapato busca Sapato - Dias 07 e 08/10 às 18h - Classificação Livre
Espetáculo Ali Babá e os 40 Ladrões - Dias 14, 15, 21 e 22/10 às 18h - Classificação Livre

Mais sobre os espetáculos
***Espetáculo Zapato busca Sapato
Sinopse:
Nossa história começa com o despertar de um pequeno sapato e o reconhecimento de ser diferente já que nasceu sozinho em sua caixa. Zapato busca Sapato narra as aventuras deste sapatinho a procura de seu par e os inesperados encontros no seu caminho que começa no México, passa pelo Brasil, até chegar em Moçambique.  É uma viagem entre continentes e culturas, uma travessia que o faz conhecer-se a  si  mesmo.
A montagem
Zapato busca Sapato é o encontro de dois grupos dedicados ao teatro para crianças e jovens nas Américas: La Máquina de Teatro no México e Trupe de Truões no Brasil, adicionado a colaboração dramatúrgica de Rogério Manjate, poeta, escritor e ator de Moçambique. Juntos os dois grupos fizeram temporadas no Brasil e no México, e participaram do 19º Congresso Mundial da ASSITEJ (Associação Internacional de Teatro para Infância e Juventude), realizando 4 sessões do espetáculo em maio de 2017, em Cape Town, na África do Sul. Os dois grupos seguem com suas montagens, uma brasileira e outra mexicana. E se encontrarão em eventos internacionais para realizarem juntas as apresentações teatrais.
Ficha Técnica:
Direção: Clarissa Malheiros
Dramaturgia: Clarissa Malheiros e Juliana Faesler com colaboração de Rogério Manjate
Elenco: Amanda Barbosa, Laís Batista, Ricardo Augusto e Ronan Vaz
Cenografia: Paulo Merísio
Iluminação: Ronan Vaz
Op. de luz: Thiago Di Guerra
Bonecos e Objetos: Flávio Arciole e Toztli Abril de Dios
Música Original: Clarissa Malheiros e Eduardo Túlio
Op. de som: Amanda Aloysa
Figurino: Juliana Faesler e Ronan Vaz
Coreografia: Marisol Cal Y Mayor
Consultoria e Conteúdo: Lizete Dias De Oliveira
Desenhos e aquarelas: Patricia Henríquez
Realização: Trupe De Truões e La Máquina De Teatro

***Espetáculo Ali Babá e os 40 Ladrões
Sinopse:
... Conta-se a história de dois irmãos e uma caverna.
Cassim é comerciante.
Ali Babá vive de cortar lenha ...
... As palavras "Abre-te sésamo!" são proferidas.
O destino deles é alterado.
Um tesouro no interior da caverna é revelado.
Juntado há séculos por uma quadrilha de ladrões ...
... Ali Babá se torna rico.
Cassim morre de inveja.
A ira dos ladrões é despertada ...
... A história se desenrola cheia de artimanhas,
disfarces
e armadilhas.
Capitaneada pela sagacidade da bela escrava Mogiana ...
E assim, Sherazade vai poupando sua vida.
A montagem
Com estreia em 2006, Ali Babá e os 40 Ladrões foi o primeiro conto da tradição popular universal de ‘As mil e uma noites’ encenado pela Trupe de Truões. A montagem do espetáculo foi contemplada com o Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz e deu continuidade às investigações do grupo na linguagem do teatro infanto-juvenil. Em 2014, ganhou nova montagem, mantendo os elementos principais: a exploração e ressignificação de um único objeto – o bastão – e o exercício de navegação dos atores entre a atuação e a narração na pesquisa de literatura em cena. O espaço ganhou amplitude, evidenciando em seu aspecto de tapete, o fluxo do jogo cênico de figuras múltiplas: personagens-tipo, ressignificação corporal e dança contemporânea. Como griôs, os atores resgatam na figura do narrador-ator o aspecto ritualístico e imemorial do ato de contar histórias.
Ficha Técnica
Texto: Inspirado livremente nos livros “Ali Babá e os Quarenta Ladrões” de Edson Rocha Braga e “Livro das Mil e Uma Noites, Volume 4 – Ramos Egípicio + Aladim e Ali Babá” traduzido do árabe por Mamede Mustafa Jarouche;
Direção: Getúlio Góis e Paulo Merisio;
Elenco: Amanda Aloysa; Amanda Barbosa; Laís Batista; Ricardo Augusto e Thiago Di Guerra;
Cenografia e caracterização: Paulo Merisio;
Figurino: Deferson Melo e Ronan Vaz;
Sonoplastia: Getúlio Góis;
Operação de Luz: Ronan Vaz
Operação de Som: Getúlio Gois
Oficinas de voz: Dirce Helena Carvalho
Oficina de música: Manoel Moura
Produção e Realização: Trupe de Truões



Compartilhar

Postagens Relacionadas

Temporada de Teatro Trupe de Truões começa dia 7 de Outubro em Uberlândia
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial