sábado, 19 de agosto de 2017

Viaduto da rua Olegário Maciel, em Uberlândia, terá tráfego liberado amanhã (20)

Obra permitirá novo acesso direto entre setores central e sul e beneficiará a locomoção de 57 mil motoristas que utilizam trecho diariamente 

Idealizado para facilitar a integração entre o setor central e a zona sul de Uberlândia, o viaduto da rua Olegário Maciel sobre a avenida Rondon Pacheco já foi concluído e terá o tráfego liberado no domingo (20) pela Prefeitura de Uberlândia. A obra foi proposta ainda durante o segundo mandato do prefeito Odelmo Leão (2009-2012) - dentro do projeto ‘Uberlândia Integrada’ - e beneficiará cerca de 2 mil veículos que trafegam (em média) por hora no trecho.
Para ser erguido, o viaduto recebeu investimentos na ordem de R$ 7,38 milhões. São recursos do programa de financiamentos a projetos de modais de transporte do governo federal. Quase a totalidade desse valor (95%) foi financiada pela Caixa Econômica Federal, dentro do plano de expansão de projetos de ampliação dos corredores estruturais do transporte coletivo para o país - que também prevê a construção dos terminais e corredores de ônibus, por exemplo. As verbas eram de caráter ‘vinculado’, o que significa que eram destinados exclusivamente para a execução deste projeto.
Em termos técnicos, a obra do viaduto da rua Olegário Maciel constitui-se em uma construção pré-moldada de 130 metros de extensão e 11 metros de largura, com a pavimentação de duas faixas para tráfego de veículos.  Um equipamento viário que, por fim, substitui o uso do semáforo no cruzamento para se controlar o fluxo de veículos. 

Benefício viário
Uma análise elaborada pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Settran) aponta que o viaduto da Olegário Maciel possibilitará a interligação dos setores central e sul de Uberlândia por meio de um acesso direto ao bairro Saraiva. Na prática, reduzirá consideravelmente o tempo de viagem tanto dos motoristas quantos dos usuários do transporte coletivo, já que duas linhas operantes passam pelo local: A117 e B909.
A economia na travessia do trecho estimada pela Settran será de seis minutos para veículos e de cinco minutos para os ônibus do transporte. Isso porque, anteriormente, ainda com semáforo no trecho, os veículos poderiam ter de esperar (sobretudo, nos horários de pico) até três ciclos do semáforo antes de conseguir atravessar a avenida Rondon Pacheco para acessar o bairro Saraiva.
Além do ganho na velocidade, segundo a análise da Settran, o viaduto trará mais segurança ao organizar o fluxo de veículos na localidade, melhorando a fluidez e diminuindo a probabilidade de acidentes. O equipamento viário também ajudará na economia de queima de combustível, o que, de uma forma geral, contribui para a redução de ruídos e da emissão de poluentes no ar.
 A medição da Settran revela que ao menos 57 mil veículos utilizam o trecho ao dia. Ou seja, ao mês, mais de 1,7 milhão de automóveis passam pela localidade para acessar o centro ou o sul da cidade.


  

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Viaduto da rua Olegário Maciel, em Uberlândia, terá tráfego liberado amanhã (20)
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial