sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Sindicomércio Uberlândia celebra 74 anos de história



 Fundado em 16 de agosto de 1943, para representar o proeminente comércio varejista e atacadista de bens e serviços, o Sindicato do Comércio de Uberlândia (Sindicomércio) tem 13 mil filiados atualmente. No aniversário de 74 anos, a entidade celebra os rápidos avanços feitos nos últimos anos, como a inauguração de nova sede em 2016, e se prepara para um momento de reinvenção, com a entrada em vigor da Reforma Trabalhista.  
A atividade representa mais de 60% do poder econômico de Uberlândia. A vocação para o comércio, sobretudo, atacadista foi percebida muito cedo pelos empreendedores, pela posição estratégica do município. “Os antigos armazéns colocaram Uberlândia no mapa econômico do Brasil e ainda contribuem de forma decisiva para o PIB, segundo maior de MG”, afirma Osvaldo Ramiro Gomes, presidente da entidade.
Quando o Sindicomércio Uberlândia foi fundado, a cidade estava com seus 54 anos e o comércio atacadista vivia sua segunda grande fase, de acordo com o historiador Antônio Pereira. “Os grandes atacadistas dos meados do século passado, como João Calixto e, posteriormente, sua viúva, Casa Galiano, Rezende & Cia, Serralha, Fonseca, Capparelli e outros”, disse Antônio Pereira. A primeira sede do Sindicomércio Uberlândia foi instalada na rua Santos Dumont, no Centro. Depois, a entidade passou ao um imóvel na avenida João Pinheiro, número 238, onde permaneceu até 2016.
Então, neste mesmo 16 de agosto do ano passado, quando completava 73 anos, tomou lugar na sede atual, no bairro Santa Mônica, que tem 800m² de área, projeto moderno e acessível. “O patrimônio da entidade cresceu, uma vez que a nova casa foi erguida com recursos próprios, e a antiga está alugada”, disse Gomes. As instalações permitem ainda a realização de atividades de qualificação, no salão de convenções, com capacidade para 150 pessoas.
“Tivemos muitas conquistas nos últimos anos, construímos a nova sede em pouco tempo, conseguimos aumentar o número de associados, a arrecadação, o número de funcionários e a carteira de serviços oferecidos. Mas o momento é de transição. Tanto pelo contexto político e econômico do País, quando pelas mudanças na legislação colocadas pela Reforma Trabalhista, que exigem dos sindicados a invenção de uma nova forma de existir, de se manter e de conversar com o empresariado”, afirmou Osvaldo Gomes.

Missão
Entidade de Utilidade Pública Municipal, o Sindicomércio representa a categoria junto aos poderes executivo, legislativo e judiciário, em nível institucional, jurídico, econômico e entidades legalmente constituídas. Além da Convenção Coletiva, oferece uma lista extensa de serviços aos empresários do comércio e atividades regulares de qualificação, em parceria com entidades, como o Sebrae, Sesc e Fecomércio Minas. Em parceria com a Fecomércio Minas O Sindicomércio Uberlândia também realiza pesquisas para avaliar as expectativas de venda dos empresários com relação às datas de maior impacto no comércio, o que oferece à sociedade um retrato do desenvolvimento da atividade na cidade. 

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Sindicomércio Uberlândia celebra 74 anos de história
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial