sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Alunos da Casa do Menor Nova Canaã iniciam aulas de ballet com professor russo

Setenta crianças atendidas pela ONG já estão fazendo aulas da técnica Vaganova de Ballet. 

Cerca de 50 meninos e 20 meninas, atendidos pela ONG Casa do Menor Nova Canaã, em Uberlândia, começaram este mês a ter aulas de ballet clássico com o professor russo Vladimir Rybyakov e com a professora brasileira Guiomar Boaventura, na sede da ONG.
As crianças que já participavam de atividades esportivas, como basquete, vôlei, futebol e natação, agora fazem duas horas de aulas de ballet clássico todos os dias da semana e aprendem a técnica Vaganova, que além de ballet, ensina também dança caráter, danças históricas e iniciação ao piano.
O professor Vladimir Rybyakov explica que na abordagem Vaganova existe uma organização inteligente de todos os elementos técnicos. "Cada exercício é específico para aquele determinado semestre e isso faz com que haja uma continuidade no desenvolvimento da criança. Todo o programa foi pensado de forma muito cuidadosa, desenvolvido por muitas gerações de pedagogos e testado nas grandes estrelas do balé russo”, disse ele.
A Casa do Menor se preparou para oferecer essa nova modalidade aos alunos. A antiga sala utilizada pelo Clube das Mães, que fazem artesanato para arrecadar dinheiro para a ONG, foi totalmente reformada e transformada em uma sala de dança, com piso flutuante, espelhos, barras e ar condicionado. Para ficar completa a sala ainda vai receber um piano, que já foi doado pela fundadora da ONG, dona Rosita.
Ana Lúcia Fernandes, diretora da ONG explicou que a parceria da Casa do Menor Canaã com a professora Guiomar Boaventura começou há dois anos, quando onze alunos da ONG foram selecionados para participar o Projeto Pé de Moleque idealizado por Guiomar. Todos os dias uma van saía da Casa do Menor e levava os alunos até a sede do Projeto para ter aulas de ballet. A parceria deu tão certo que um dos alunos, Thiago Vinícius Silva, de 15 anos, foi selecionado para participar do Youth America Gand Prix em Nova York  e lá recebeu uma bolsa de estudos integral para a Academie Princesse Grace Kelly, em Mônaco. A diretora da ONG espera que outras crianças da ONG possam se espelhar no Thiago e, assim como ele, realizarem seus sonhos.
Para a professora Guiomar Boaventura o trabalho na Casa do Menor está só no começo, “mas já podemos perceber pequenas mudanças e os benefícios que o ballet traz a quem tem oportunidade de fazê-lo da maneira correta”, disse ela.

Sobre Vladimir Rybyakov:
Vladimir Rybyakov nasceu na cidade de São Petersburgo, Rússia. Frequentou a tradicional Vaganova Ballet Academy, conhecida como uma das melhores escolas de dança do mundo. Apresentou-se no Ballet Kirov, hoje Ballet do Teatro Mariinsky, e no Mikhailovsky Ballet em grandes espetáculos como A Bela Adormecida, Quebra Nozes, Lago dos Cisnes, Don Quixote, La Bayadere, O Corsário, La Sylphide. Já se apresentou em turnês por diversos países, dentre eles Itália, Alemanha, Turquia, Canadá, Estados Unidos, México, Espanha, Japão e China.  Fez parte da Companhia do Ballet Yakobson em São Petersburgo, dirigido por Andrian Fadeev.  Como complementação de sua formação como bailarino, ingressou no curso de Educação Física da Lesgaft National State University of Physical Education, Sport and Health, em São Petesburgo onde desenvolveu um trabalho de treinamento muscular para bailarinos. Em 2014 graduou-se com nota máxima na universidade.  Além da graduação, possui também o título de Pedagogo Artista pela Escola Federal de Dança e Coreografia de Minsky-Belarússia, na classe de Uran Azimov.

Sobre Guiomar Melo:
Guiomar Boaventura é formada em psicologia pela Universidade Federal de Minas Gerais e desenvolve desde 1990 o que chama de Técnica Brasileira de Balé. Fez curso de Aperfeiçoamento Técnico e Repertório Clássico com os professores Sergey Smirnov e Natália Lavrurrina na Escola Coreográfica do Bolshoi em Moscou. No ano de 2012 foi convidada pela Beijing Academic School para ministrar aulas durante o The 4th International Ballet Ballet Invitational for Dance Schools. Nesta competição recebeu também o Premio Especial do Júri. Ao longo dos anos vários de seus alunos foram premiados nos mais importantes festivais de dança do país e exterior. Atualmente é Diretora Artística do Ballet Vórtice, da Associação Pé de Moleque Dança Cidadã de Uberlândia e professora de ballet da ONG Casa do Menor Nova Canaã - MG.

Sobre a ONG Casa do Menor Nova Canaã:

A Casa de Apoio e Formação do Menor Nova Canaã atende, desde fevereiro de 2001, crianças carentes de 06 a 14 anos, matriculadas na rede Estadual ou Municipal de Ensino. Atualmente 160 crianças são atendidas no contra turno escolar. A ONG funciona como um centro de formação e o objetivo é tirar essas crianças da rua e proporcionar atividades que possam ajudar no desenvolvimento, físico e intelectual delas.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Alunos da Casa do Menor Nova Canaã iniciam aulas de ballet com professor russo
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial