segunda-feira, 21 de agosto de 2017

50º Congresso Brasileiro de Fitopatologia é aberto com entrega da “bota de ouro” ao fitopatologista do ano



 Dr. Álvaro Santos Costa foi um exímio fitopatologista que, de tão notável e marcante no ramo de estudos agrários, ainda quase 20 anos após sua morte, dá nome ao prêmio máximo oferecido anualmente pela Sociedade Brasileira de Fitopatologia. O ganhador deste ano foi o Dr. José da Cruz Machado, PhD em Patologia de Sementes, que recebeu a bota de ouro (uma réplica das botas que Dr. Álvaro Santos Costa usava) das mãos do engenheiro agrônomo Lucas Mialick, representando a Syngenta, apoiadora do prêmio que foi outorgado pelo presidente do Comitê de Premiação Máxima da Sociedade Brasileira de Fitopatologia, Dr. José Alberto Caram de Souza Dias, e também pelo Presidente do 50º Congresso Brasileiro de Fitopatologia, Dr. Fernando Cézar Juliatti.
Na ocasião, foi feita uma bela homenagem ao fitopatologista Dr. José Alberto Caram de Souza Dias que, escolhido para ser o guardador das botas originais de Dr. Álvaro pela viúva dele, sempre premiou, mas ainda não havia sido premiado.
           Cerca de mil pessoas, entre estudantes, pesquisadores, professores e palestrantes compareceram no primeiro dia do evento, que vai até o dia 23/08 (quarta-feira). No dia 24, acontece o II Workshop Brasileiro de Ferrugem da Soja e nos dias 25 e 26, o 16th International Sclerotinia Workshop, ambos ligados ao 50º CBFito.
            A organização promete 80 palestrantes, sendo 40 nacionais e 40 de países como China, Estados Unidos, Canadá, França e Inglaterra. São 900 trabalhos científicos com temas atuais envolvendo a agricultura, o agronegócio e as cadeias produtivas.
            Para mais informações acesse o site www.cbfito.com.br , e se você ainda quer participar de alguma atividade, ainda dá tempo de se inscrever!
  
Apoio:
O 50º CBFito tem como patrocinadores diamante grandes e renomadas empresas, como a Bayer, a Basf, Syngenta e UPL. Como patrocinadores bronze, o evento conta com a Dupont, Monsanto, Associação Nacional de Defesa Vegetal – Andef, FMC, Agropeq, Juliagro, Agro Carregal, Editora UFV; Associação dos Angenheiros Agrônomos do Alto Paranaíba – Agrotap, Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais – CREA-MG, C4 Científica, Helm, Laboratório Farroupilha, Sipcam Nichino, Departamento UFV Fitopatologia, Fitolab, Universidade de Brasília e Agronômica. As agências de fomento são Capes; Fundação de Amparo à Pesquisa - Fapemig e Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPQ.

 Secretaria Executiva
Infobibos – Organização de Eventos Científicos
Elaine Abramides: eabramides@gmail.com - (19) 3243-0396
Plantão: (14) 99757-7711 (whatsapp)
Skype: Infobibos

Compartilhar

Postagens Relacionadas

50º Congresso Brasileiro de Fitopatologia é aberto com entrega da “bota de ouro” ao fitopatologista do ano
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial