quarta-feira, 28 de junho de 2017

Dia do Caminhoneiro reforça importância da melhoria das estradas



 O Brasil é o oitavo país mais perigoso para o transporte de cargas do mundo, pela crescente incidência de roubos de carga, segundo a Joint Cargo Comite, que avaliou 57 países. Frente a frente com o perigo, está o caminhoneiro brasileiro,  o verdadeiro "herói" das estradas, que enfrenta desafios diários no transporte e cuja importância é celebrada hoje (30).
As dificuldades começam com dados alarmantes de roubos de carga, que aumentou 86% entre 2011 e 2015. As perdas causadas por esse tipo de crime têm crescido ano a ano, assim como o número de casos registrados, que aumentou 86%, de 12 mil em 2011 para mais de 22 mil no ano passado. Ao perigo nas estradas, somam-se as condições de tráfego das rodovias brasileiras.
Segundo dados da edição 2017 do Anuário CNT do Transporte, desenvolvido pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), 58,2% das rodovias apresentam algum tipo de problema no estado geral. Dessas, 51,7% apresentam deficiência na sinalização e 48,3% têm problemas no pavimento, o que compromete a atividade do caminhoneiro.
“Temos muito a evoluir para garantir a segurança do profissional nas rodovias, a começar pela pavimentação, uma luta constante do setor. Dos mais de 1,7 mi de quilômetros de malha viária do país, apenas 12,2% são pavimentados e, desses, apenas 5,3% é de pista dupla”, afirmou o presidente do Settrim, Abud Cecílio Domingos. Os dados são do Anuário CNT do Transporte 2017, que indica que somente 0,7% das rodovias pavimentadas estão em obras de duplicação.

Perfil
Segundo o último levantamento da CNT sobre o perfil dos caminhoneiros, os profissionais no mercado têm, em média, 18 anos de profissão e mais de 44 anos de idade. Sobre os entraves da profissão, 60,6% indicam o perigo e insegurança das estradas e 34,9% o desgaste provocado pela profissão. 

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Dia do Caminhoneiro reforça importância da melhoria das estradas
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial