segunda-feira, 26 de junho de 2017

APPS de saúde e bem estar conquistam público e geram novas oportunidades para empreendedores

Quando se fala em uso de aplicativos a primeira coisa que vem à cabeça da maioria das pessoas são os apps de bate papo, relacionamento, redes sociais, serviços bancários e de transporte. No entanto, nos últimos anos com a crescente preocupação com a saúde e bem estar, este setor tem atraído a atenção de empreendedores e principalmente do público.
De acordo com uma pesquisa da Flurry Insights, que faz monitoramento do mercado de aplicativos, a ampliação do mercado de apps neste setor se deu a partir de 2014, quando nos seus primeiros meses foi registrado um crescimento de 62% na procura por estas ferramentas. Considerando a totalidade de aplicativos, no último ano foram baixados 13,5 bilhões o que indica um crescimento de 14% sobre os 11,9 bilhões do período anterior, segundo estudo da Sensor Tower. Em relação às receitas, a pesquisa aponta que chegou a US$ 2,19 bilhões no primeiro trimestre 2017.
Estes números expressivos explicam o crescimento constante da quantidade de aplicativos e das novidades com foco em atender as expectativas do mercado. O engenheiro de software e diretor de engenharia da CroSoften Tecnologia, Rafael Melo, participou de um grande evento do movimento global que reune profissionais das áreas de saúde, tecnologia, design e empreendedorismo, o Hacking Health (HH), no Rio de Janeiro, no último mês. Ele foi um dos especialistas convidados e constatou que as novidades não param. “Nos últimos anos surgiram dezenas de novos aplicativos com o objetivo de ajudar as pessoas que estão em busca de bem estar, principalmente que auxiliam no monitoramento das atividades físicas e ainda incentivam a prática por meio de indicadores e até competições entre grupos. O que percebemos é um importante foco para a área de saúde, com ferramentas que auxiliam a pacientes e médicos, seja no quesito prevenção e até mesmo em tratamentos. Esta é uma tendência forte no mercado de tecnologia”, destaca o engenheiro.
O que não faltam são ideias que buscam romper as barreiras na inovação nas áreas de saúde, seja ela pública, no ambiente de trabalho e também no esporte. No evento foram apresentados protótipos de possíveis projetos que esperam conquistar o mercado, tentando conquistar os especialistas, investidores, parceiros e apoiadores que avaliam se são negócios possíveis de serem desenvolvidos. Para Rafael Melo, muitas novidades estão por vir. “Fui mentor neste evento e participei deste processo de seleção e o que percebemos é que as ideias surgem por meio da observação e vivência do cotidiano, atentos às necessidades das pessoas. Este é o caminho para quem quer empreender nesta área, estar atento ao que pode ser útil às pessoas e não fazer mais do mesmo sem novidades e efeito prático para conquistar o público”, avalia o engenheiro.
Conheça alguns aplicativos de bem estar e saúde que são sucesso entre os usuários:
FotoSkin: Aplicativo destinado a prevenção do câncer de pele, possibilitando um histórico da pele dos usuários.
GlicoCare: Usuários que são diabéticos tem neste aplicativo um auxiliar para o controle da ingestão de açúcar.
Hydro: Até o controle da quantidade de água que você bebe pode ser feita via aplicativo, indicando a frequência e o consumo adequado, além dos lembretes.
Medisafe: Não perca mais o horário de sua medicação, com o apoio deste aplicativo que  lembra os horários corretos dos medicamentos.
Medita!: Com categorias de meditação este aplicativo tem como objetivo apaziguar a mente do usuário.
MyFitnessPal: Criado para quem quer monitorar dietas este app tem mais de cinco milhões de alimentos cadastrados e o objetivo é auxiliar nutricionistas e endocrinologistas no acompanhamento da alimentação diária.
Nike Training Club: Voltado para quem pratica exercícios físicos regulares e que ter o seu controle pessoal e alcançar objetivos. O app cria treinamentos personalizados de acordo com as informações fornecidas.
OptimizeMe: Otimizar o bem estar do usuário é o objetivo deste aplicativo que precisa saber tudo o que a pessoa faz em seu dia em atividades divididas por categorias como prazer, saúde, criatividade e rotina. Ele analisa a rotina e de acordo com os dados gera gráficos e tabelas analíticas.
RunKeeper: O foco deste aplicativo são pessoas que tem o hábito de correr e estão iniciando nesta atividade. Ele registra as corridas e gera indicadores de percurso, desempenho e permite compartilhar resultados com os amigos.
Sleep Cycle: Nem dormindo este aplicativo vai esquecer de você, pois o objetivo é avaliar o comportamento do usuário durante o sono

Strava Cycling: Quem prefere pedalar tem neste aplicativo o acompanhamento dos trajetos, o que serve também para corridas e caminhadas. Ele registra velocidade, distância percorrida e lista de usuários que já fizeram determinados trajetos, criando um ranking e competição saudável.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

APPS de saúde e bem estar conquistam público e geram novas oportunidades para empreendedores
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial