sexta-feira, 19 de maio de 2017

Uberlândia recebe em maio a circulação da performance “Dança que Não se Vê”



 O grupo goiano Três em Cena traz a Uberlândia em maio a circulação da performance “Dança que Não se Vê”. O itinerário, programado para 11 cidades de 7 estados do Brasil e Distrito Federal, estará no dia 19 de maio sexta-feira na cidade, com apresentações no Teatro Municipal de Uberlândia às 15h e às 20h. A itinerância contempla nesse mês as cidades de Morrinhos (05/05, Teatro Juquinha Diniz, 15h e 20h) e Palmas TO (25/05, Teatro Sesc Palmas, às 15h e às 20h).  “A proposta aqui é produzir um diálogo entre a dança e o público, e tratar do uso de recursos cênicos para camuflar o corpo no palco, invertendo a lógica tradicional no uso de iluminação e cenário”, explica o diretor artístico Rafael Guarato. O espetáculo adota como objetivo principal o exercício de repensar o lugar daquele que observa, do espectador.  A ideia consiste em demonstrar e discutir o processo tradicional de composição cênica em dança para o espaço físico do teatro, conhecido como «caixa preta». Em Uberlândia, 19/05, Teatro Municipal de Uberlândia, 15h restrito « Gratuito #Ação Social e 20h Gratuito, público Geral, classificação etária 14 anos. 
Financiado pelo Fundo de Arte e Cultura do Estado de Goiás 08/2015, SEDUCE e Governo de Goiás, «Dança que não se Vê» traz em seu cerne a proposta de uma nova concepção de formação de público em dança, materializada em um espetáculo que se bifurca em 02 eixos « O primeiro sobre o papel do espectador e a função do olhar; o segundo de caráter pedagógico, que permite ao observador reconhecer o processo de composição de um espetáculo de dança pensado para o formato de palco italiano , e em que são apresentados elementos que possibilitam ao espectador se localizar minimamente na proposta oferecida.

Serviço: Dança que não se vê
Quando: 19/05
Horário/Quanto: 15h « Restrito « Gratuito #Ação Social
Horário/Quanto: 20h « R$10 meia R$20 inteira #Público Geral
Faixa Etária: 14 anos
Duração: 50 min
Onde: Teatro Municipal de Uberlândia

Ficha Técnica Coreógrafos-Intérpretes: Luciana Caetano, Gleysson Moreira e Alexandre Ferreira
Criação e operador de iluminação: Júnior Oliveira
Figurino: Audnã Abreu e Alinne Teixeira
Cenário: Audinã Abreu, Alinne Teixeira e Rafael Guarato
Direção Artística: Rafael Guarato
Produção/Comunicação: Marcelo Santos
Crédito de imagens: Oswaldo Neto
Trilha sonora: Promessas de amor a desconhecidos - JPê; Hit and Run - Bar Kays (parcial); Balões - JPê (parcial); Na batida - Mc Anitta (parcial).

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Uberlândia recebe em maio a circulação da performance “Dança que Não se Vê”
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial