quinta-feira, 25 de maio de 2017

Sindicato das Empresas de TI de Uberlândia oficializa início das atividades

SindeTI foi homologado pelo Ministério do Trabalho. 
             A diretoria do Sindicato das Empresas de Tecnologia da Informação de Uberlândia – SindeTI deu início, nesta terça-feira (23/05), às atividades da entidade que tem como objetivo trabalhar em prol dos interesses das empresas do setor que, até então, eram representadas pelo SINDINFOR - Sindicato das Empresas de Informática de Minas Gerais, cuja sede está em Belo Horizonte-MG. Um café da manhã realizado com  os associados,  na sede do Sindicato, onde também funciona a i9 Uberlândia – Associação das Empresas de Inovação e Tecnologia, marcou a inauguração da entidade.
            A fundação do SindeTI deu-se em 2012, em uma Assembleia Geral Extraordinária, na qual empresários do setor aprovaram por unanimidade a fundação do sindicato patronal em atendimento aos anseios e expectativas dos empresários de Uberlândia. Para o início das atividades faltava a homologação do Ministério do Trabalho que, no dia 19 de abril de 2017, publicou o deferimento do pedido no Diário Oficial da União.
            “Fundar o Sindicato das Empresas de TI de Uberlândia era um desejo antigo dos empresários. Até então, nós nos reportávamos ao Sindicato com sede em Belo Horizonte-MG e, com isso, registrávamos divergências em relação as realidades da capital e do interior, pouca participação dos empresários em função da distância, além de outras dificuldades. Agora, com o nosso próprio Sindicato teremos mais força, respeito e união entre a classe patronal para lutarmos pelos nossos direitos”, comenta o conselheiro da i9, Robson Xavier, que também foi eleito para estar à frente da presidência do SindeTI.
            Segundo o diretor jurídico do SindeTI, Pérsio de Oliveira, o Sindicato está apto para representar os empresários. “Hoje celebramos uma grande conquista e vamos trabalhar para fortalecer o SindeTI. Nossa proposta é estar ao lado do empregador, defendendo seus interesses, anseios e necessidades”, pontuou.
            O lançamento do SindeTI foi celebrado pelos empresários. “Parabenizo os fundadores pela atitude louvável que ficará para a história. Acredito que agora as ações devem ser construtivas e temos de unir forças para fortalecer essa entidade que vai nos representar”, comenta o fundador da PGM Sistemas, Gilberto Santos de Moura.
O CEO da Kyros Tecnologia, Leandro Melo, também comemora a conquista. “A fundação do SindeTI foi excelente, pois até então não tínhamos voz ativa, uma vez que o Sindicato estava longe. Agora será diferente, vamos ter a oportunidade de expor as nossas necessidades e defendê-las”, diz.

Parceria i9 e SindeTI 
O Sindicato das Empresas de Tecnologia da Informação funcionará na sede da i9 Uberlândia –associação sem fins lucrativos das empresas de inovação e tecnologia. “A nossa intenção é que as entidades trabalhem em conjunto. A i9 cuida da parte institucional do ecossistema de inovação, enquanto o SindeTI defende os direitos legais das empresas”, explica o presidente do SindeTI e membro do Conselho de Administração da i9, Robson Xavier.
 Conheça o SindeTI: http://www.sindeti.org.br/

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Sindicato das Empresas de TI de Uberlândia oficializa início das atividades
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial