sexta-feira, 5 de maio de 2017

FIEMG lança Plano “Perspectivas de Desenvolvimento Socioeconômico para o Norte de Minas”

Em cerimônia em Montes Claros presidente da Fiemg, Olavo Machado, reforçou a urgência da reativação do escritório da SUDENE na cidade
 
O presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG), Olavo Machado Junior, lançou nesta sexta-feira (05/05), em Montes Claros, o Plano "Perspectivas de Desenvolvimento Socioeconômico do Norte de Minas". Ele reforçou a mobilização da entidade pela reativação do escritório da SUDENE em Montes Claros.
            “Aqui reunimos todas as condições necessárias para que os incentivos da SUDENE possam ser mais bem aproveitados por todo o Norte de Minas, pelos Vales do Jequitinhonha e do Mucuri e por alguns municípios do Alto Paranaíba”, afirmou, lembrando que a bandeira é defendida com argumentos técnicos sólidos pelo empresário e presidente da FIEMG Regional Norte, Adauto Marques, e encampada por toda a indústria mineira. “A reativação do escritório em Montes Claros possibilitará que entraves burocráticos sejam eliminados, ampliando o acesso de empreendedores e investidores aos benefícios da SUDENE”, lembrou Machado Junior.
            Hoje, os 168 municípios mineiros que pertencem à área de abrangência da SUDENE são responsáveis por somente 4% das contratações de recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE). Dados recentes disponíveis sobre as contratações do FNE indicam que, em 2014, apenas 79,7% do total programado para ser transferido para Minas Gerais foi contratado por empresas do estado.
            O Plano apresentado nesta sexta-feira traz soluções em quatro temas fundamentais para a indústria do Norte de Minas: “Logística e Infraestrutura”; “Meio ambiente”; “Ambiência econômica”; e “Desenvolvimento social”. O documento foi elaborado pela FIEMG Regional Norte, em parceria com as gerências de Projetos Coletivos para Indústria, Tributária e Meio Ambiente da FIEMG. Ele oferece soluções para gargalos que impactam negativamente no desenvolvimento da região.
            O presidente Adauto Marques afirmou que o desenvolvimento regional é o melhor caminho para reduzir desigualdades e democratizar oportunidades. “Por isso, desenvolvemos um relatório que é um raio-x das demandas da região e apresentamos um modelo de desenvolvimento econômico diferenciado, que certamente modificará toda a estrutura econômica do Norte de Minas”, disse. Para ele, é preciso construir relacionamentos consistentes com entidades de classe, instituições de ensino, poder público e representações políticas da região, visando lutar pela transformação da realidade socioeconômica local.
            Marques disse ainda que o relatório tem o intuito de preparar a região Norte de Minas para o futuro, promovendo oportunidades de geração de emprego e renda de maneira sustentável, por meio de ganhos de competitividade e atração de investimentos.

            Estiveram presentes na cerimônia de lançamento do Plano os vice-presidentes da FIEMG, Aguinaldo Diniz e Alberto Salum; deputados federais e estaduais da região, o prefeito de Montes Claros, Humberto Souto, e lideranças políticas e empresariais da indústria do Norte de Minas, com destaque para os presidentes de sindicato filiados.
x

Compartilhar

Postagens Relacionadas

FIEMG lança Plano “Perspectivas de Desenvolvimento Socioeconômico para o Norte de Minas”
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial