quinta-feira, 23 de março de 2017

Sistema revolucionário para gestão on-line da irrigação é destaque da FeniCafé 2017

Equipe da Irriger apresentou novidade tecnológica no encontro de cafeicultura irrigada no Triângulo Mineiro 

Uma tecnologia que possibilita o agricultor reduzir custos de produção e aumentar a produtividade, através do mapeamento de demandas de irrigação e do monitoramento dos sistemas adotados pela propriedade. Essa inovação existe: é o Irriger Connect, um sistema de gerenciamento integrado apresentado para o público da FeniCafé 2017 pela equipe da Irriger, empresa de consultoria voltada para engenharia e gestão da irrigação.
O Irriger Connect combina uma série de funcionalidades e análises métricas das operações, representando uma revolução no consumo de água para irrigação. “Nosso objetivo é orientar o produtor para otimizar o uso da água na irrigação e, assim, aumentar a produtividade da fazenda”, afirma Hiran Moreira, diretor da Irriger, lembrando que essa tecnologia se torna ainda mais importante diante às más distribuições das chuvas, que têm trazido grande prejuízo a inúmeras regiões do país, preocupando a sociedade.
As mais de 20 mil pessoas que passaram pela FeniCafé em Araguari (MG) nos últimos três dias puderam acompanhar de perto os benefícios da tecnologia. O evento foi realizado de 21 a 23 de março de 2017, reunindo três grandes encontros: XXII Encontro Nacional de Irrigação da Cafeicultura do Cerrado, XX Feira de Irrigação em Café do Brasil e o XIX Simpósio de Pesquisa em Cafeicultura Irrigada.
“Um público grande e especializado que realmente estava interessado em conhecer melhor as tendências da cafeicultura irrigada e as soluções para o campo, como o Irriger Conect”, afirmou Dimas Rodrigues, coordenador de marketing da empresa que acompanhou a FeniCafé.

Como funciona? O Irriger Connect integra diversas ferramentas e atividades relacionadas à irrigação, como aferição e calibração dos equipamentos e otimização da performance da aplicação da água com um software especial para gestão que auxilia na decisão de acordo com a demanda hídrica de cada parcela, por meio de balanço hídrico diário. O planejamento também pode ser feito com base no monitoramento mensal do consumo de energia.  Assim, oferecendo possibilidade da economia desses dois recursos tão importantes. “Há uma necessidade real da expansão da agricultura irrigada brasileira e mundial. Para que isso aconteça, nós, que trabalhamos com agronegócio, precisamos comprovar de que uma agricultura irrigada sustentável é possível e fundamental”, complementa Hiran Moreira.
No sistema do Irriger Connect estão conectadas as gestões de uma estação meteorológica automática, que fornece informações como temperatura, umidade relativa, velocidade do vento e radiação solar; e de um Field Commander, que controla a operação do pivô com dados em tempo real quanto à pressão, velocidade, sentido e lâmina aplicada.

A Irriger. 

A Irriger atua no mercado há 11 anos. A empresa surgiu de uma linha de pesquisa dentro da Universidade Federal de Viçosa que cresceu e ganhou novas proporções. Atualmente, faz parte da Valmont, multinacional americana do ramo de irrigação por pivôs centrais. Ao todo, são 250 mil hectares gerenciados que produzem safras correspondentes a 400 mil ha/ano. Além do Brasil, o sistema Irriger gerencia lavouras de diversas culturas na Índia, Rússia, Sudão e México.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Sistema revolucionário para gestão on-line da irrigação é destaque da FeniCafé 2017
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial