sexta-feira, 17 de março de 2017

Emater busca aprimorar qualidade sanitária do Queijo Minas Artesanal

Lançamento de convênio que visa capacitar extencionistas e famílias rurais acontecerá no dia 22 de março, às 14 horas, no Pavilhão do Produtor, na Femec 2017
 
Antenada no forte apelo histórico, cultural, econômico e social do Queijo Minas Artesanal, e ciente da necessidade de melhorar a qualidade sanitária do produto, a Diretoria Executiva da EMATER-MG, lançará na próxima quarta-feira, dia 22, às 14 horas, durante a Femec, o Convênio 839450/2016, assinado entre o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA, EMATER-MG e IMA.
O acordo visa capacitar tecnicamente extensionistas e famílias rurais, por meio de ações nas áreas de boas práticas de produção e de fabricação, para beneficiar 600 produtores de queijo distribuídos em 72 municípios mineiros em dois anos.
Para o gerente regional da Emater-MG em Uberlandia, Gilberto Freitas, “Esse convênio vem alavancar o trabalho de campo e é um privilégio fazer o seu lançamento dentro da Femec, ao lado de importantes parceiros como sindicatos rurais e prefeituras municipais, em benefício das famílias rurais”.                       
A ação primordial do convênio é a assistência técnica individual, aliada a eventos coletivos e aquisição de insumos, para distribuição aos produtores de Queijo Minas Artesanal, visando cada vez mais a profissionalização do setor, no entanto sem deixar de lado o fazer artesanal e tradicional.

O convênio tem como objeto a melhoria da qualidade sanitária do Queijo Minas Artesanal nas seguintes regiões caracterizadas: Araxá, Campo das Vertentes, Canastra, Cerrado, Serra do Salitre, Serro e a do Triângulo, que foi caracterizada e assim oficializada em 2014 como região produtora de Queijo Minas Artesanal.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Emater busca aprimorar qualidade sanitária do Queijo Minas Artesanal
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial