segunda-feira, 13 de março de 2017

Apresentação da Femec para imprensa terá “safra do milho” como tema principal

Pratos típicos serão preparados pelo grupo Quitandeiras do Brasil para receber jornalistas no café da manhã que acontecerá sexta-feira, às 8h30, no Parque de Exposições Camaru
O milho será a base de preparo das quitandas que serão oferecidas aos convidados durante o café da manhã de apresentação da Femec 2017 para a imprensa, na próxima sexta-feira, dia 17 de março, às 8h30, no Pavilhão do Produtor, no Parque de Exposições Camaru. A escolha do cereal como insumo central do cardápio serve para exaltar a importância do grão na atividade agrícola mundial. O menu preparado pelo Grupo de Mulheres Rurais Quitandeiras do Brasil, com orientação da Emater-Mg, terá pratos típicos da culinária mineira como bolo de milho, mingau, pamonha, broa, suco de milho e outros.
O Pavilhão do Produtor é um ambiente montado na área de exposição de máquinas onde, durante a feira, estarão os estandes da Faemg, Emater, Sebrae e Prefeitura de Uberlândia, além de praça de alimentação e duas cozinhas para oferta de cursos de gastronomia.
A 6ª edição da Femec está em fase de montagem, com limpeza e pintura do parque, fixação de coberturas e estandes. Até a próxima sexta-feira, cerca de 10 carretas com 180 toneladas de estruturas terão sido descarregadas para finalizar da instalação. Máquinas e equipamentos para exposição e venda entrarão no parque até o final da semana.
A expectativa este ano é receber 120 expositores entre representantes da indústria de máquinas, equipamentos, implementos e insumos agrícolas, veículos utilitários e de passeio, criadores de bovinos e equinos, além de instituições financeiras e entidades de classe públicas e privadas.
Em 2016 a Femec movimentou R$ 196 milhões e recebeu 40 mil visitantes. Para esta edição a perspectiva de crescimento é de 15% segundo projeções da Câmara Setorial de Máquinas e Implementos Agrícolas - CSMIA da Abimaq. Este aumento foi registrado na primeira feira deste segmento em 2017, que aconteceu em fevereiro, em Cascavel, no Paraná.

Campos Demonstrativos de Sementes de Milho e Soja
A reunião com a imprensa acontecerá em uma área próxima aos Campos Demonstrativos de Sementes onde empresas do setor apresentarão aos produtores rurais, durante a Femec, dezenas de híbridos de milho e cultivares de soja. A área de 10 mil metros quadrados foi dividida em plotes que foram plantados com sementes de alta qualidade genética, tratadas industrialmente.

Milho no cenário mundial
Diante da perspectiva de um novo recorde mundial, a produção de milho da safra 2016/2017 deve atingir 1,023 bilhão de toneladas. No Brasil, ao lado da soja, o milho responde por quase 80% da produção de grãos. Segundo dados do Censo Agropecuário de 2006 (IBGE, 2006), cerca de 20% da produção de milho são consumidos nas propriedades, enquanto 79% são comercializados para cooperativas, indústrias, intermediários e diretamente aos consumidores, sendo que somente 30% das propriedades comercializam sua produção diretamente. Merece destaque o fato de que a produção comercial de milho, realizada em grandes áreas tecnificadas, representa 60% da área cultivada com a cultura.
A produção brasileira de milho deve apresentar aumento de 27%, com perspectiva de serem colhidas 84,6 milhões de toneladas. Em Minas, as lavouras de milho apresentam bom desenvolvimento e devem fechar com 13,5 milhões de toneladas do grão.
Na região do município de Uberlândia a safra de verão apresenta boas perspectivas de produção com registro de alta produtividade com 15% das áreas colhidas até o momento. A condição de safrinha teve um incremento de área, em torno de 10% em relação ao ano passado. Importante ressaltar que este ano a janela para o plantio da segunda safra foi antecipara em função do uso da soja precoce nas áreas que consequentemente foram liberadas mais cedo.
A cultura do milho na região que anteriormente era plantada só na safra de verão, com o advento da soja precoce, tem feito a migração para safrinha. A tendência é que em pouco tempo a proporção de plantio seja de 50% em cada safra, gerando maior oferta do grão na região. No município o milho ocupa uma área de 24 mil hectares distribuídos nas duas safras, sendo 13 mil hectares na primeira e 11 mil na segunda, e deverá colher em torno de 170 mil toneladas no total. Esta é a área plantada por 2.708 agricultores, sendo estes familiares, médio e grandes produtores.
(Dados CNA/FAEMG/EMATER/CONAB).

Femec 2017
O Sindicato Rural de Uberlândia realizará a Femec 2017 – Feira do Agronegócio Mineiro – de 22 a 25 de março, no Parque de Exposições Camaru, das 8h00 às 20h00. A palestra do economista e ex-ministro da Fazenda, Mailson da Nóbrega, marcará a abertura oficial, na quarta-feira, dia 22 de março, a partir das 8h00. O evento que oferece entrada e estacionamento gratuitos terá ainda Campos Demonstrativos de sementes de soja e milho, Prova Tambor Solidário, Expoinel, Pró-genética, Feirão Cavalos e Cia e programa gratuito de palestras. Consulte programação em www.femec.com.br


Compartilhar

Postagens Relacionadas

Apresentação da Femec para imprensa terá “safra do milho” como tema principal
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial