sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Ninfoplastia: entenda a cirurgia plástica da intimidade feminina

O Brasil é recordista em cirurgia intima feminina. Em 2015 foram mais de 12 mil procedimentos de acordo com a Sociedade Internacional da Cirurgia Plástica e Estética. A ninfoplastia é uma modalidade que envolve o tratamento estético da região genital feminina. É indicada para mulheres que se queixam do aumento da gordura da região do púbis, o aumento dos pequenos lábios e a diminuição dos grandes lábios associados a flacidez. Essas alterações, geralmente, trazem desconforto físico e psicológico para muitas mulheres que, normalmente, têm vergonha em procurar ajuda para restaurar a aparência normal de sua genitália. Porém, ao contrário do que muitas mulheres pensam, é muito comum pacientes que apresentam alterações nesta região.
            Os pequenos lábios têm importante função em proteger a região, dificultando o surgimento de infecções bacterianas, além de ter função importante para a lubrificação do local. Quando em excesso, pode ocorrer dor durante a relação e prejuízo a autoestima, pois a mulher não se sente confortável ao usar biquíni ou despir-se. “Na cirurgia realizamos a redução dos pequenos lábios de forma harmoniosa, preservando o tamanho necessário para manter a sensibilidade e funções normais”, explica o cirurgião plástico Francisco Naves.
            O procedimento dura em torno de 40 minutos e é realizado com anestesia local. A paciente é liberada do hospital no mesmo dia e sua volta ao trabalho pode ocorrer depois de dois dias. Já os pontos são absorvíveis e não precisam ser retirados.

Pós-operatório
Não é comum haver dor após o procedimento, apenas um leve desconforto que pode ser amenizado com o uso de medicamentos. “Outros cuidados que precisam ser tomados no pós-operatório são o uso de compressas de gelo nos primeiros dias para a redução do inchaço e a higiene adequada com ducha, sempre que necessário”, afirma o especialista.

Após a ninfoplastia é necessário evitar relações sexuais por 30 dias, também não é recomendado o uso de roupas muito justas e banho de mar ou piscina nos primeiros 20 dias.  “O resultado final pode ser observado assim que regredir o inchaço. Através deste procedimento cirúrgico de pequeno porte e de rápida recuperação a mulher poderá se sentir muito melhor com a sua intimidade”, conclui.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Ninfoplastia: entenda a cirurgia plástica da intimidade feminina
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial