segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Kenner Garcia, de Uberlândia, chega em segundo na 1ª Fórmula Vee Intercontinental Cup no Brasil

Piloto largou em terceiro, logo conquistou segunda posição e durante toda a corrida esteve colado com o primeiro. 

Domingo (29) de prova e conquista para o piloto de Uberlândia, Kenner Garcia, que subiu ao pódio da primeira prova no Brasil da Fórmula Vee Intercontinental Cup. Convidado pela Fórmula Vee Brasil para participar da corrida, o competidor largou em terceiro e chegou em segundo após 12 voltas completas em cerca de 25 minutos.
A corrida foi no autódromo de Interlagos com pilotos brasileiros e estrangeiros. Logo na largada, Kenner saiu da terceira para a segunda posição e durante todo o tempo esteve na cola do piloto Murillo Lotorre, que venceu a prova. Essa é a terceira vez que o uberlandense compete em uma Fórmula Vee, maior categoria monoposto do mundo e a de menor custo do automobilismo brasileiro.
“Mais uma experiência, mais um título conquistado. A corrida foi espetacular, estive o tempo todo brigando pela primeira posição, inclusive cheguei a ficar em primeiro. A sensação de estar nas pistas é única a cada corrida. É bom levar o nome de Uberlândia pelo país fazendo o que eu mais gosto”, disse Garcia.
A competição abriu a temporada 2017 da FVee no país e a melhor volta do Kenner na pista foi de 2m01s568. Ao lado dele três grandes campeões do exterior: o sul-africano Johan Wasserman, bicampeão no Canadá 1991/1992; o inglês David Taylor que compete no Canadá na F1200; e o americano Michael Varacins, tricampeão nos EUA em 2015, 2012 e 2009, que chegou em terceiro na competição deste domingo.
Na Fórmula Vee, Kenner participou de uma etapa do Campeonato Paulista em 2013, chegando em quinto lugar. Um ano depois o piloto voltou à mesma competição e chegou em terceiro na terceira etapa, realizada em março, e sexta na sexta etapa, que ocorreu em junho.

Sobre a Fórmula Vee
É a maior categoria monoposto do mundo e a de menor custo do automobilismo brasileiro. Existem campeonatos em mais de 14 países e é a porta de entrada do automobilismo, depois do kart. Pilotos como Emerson Fittipaldi, José Carlos Pace (Moco), Nelson Piquet e Niki Lauda já passaram pela Fórmula Vee.
A Fórmula Vee foi introduzida no Brasil em 1964, pelo ex-piloto e criador da Equipe Copersucar de F1 Wilson Fittipaldi Júnior, que construiu 52 carros ao longo dos primeiros anos da categoria. A 1ª corrida foi realizada em 1967, estando no grid o próprio Wilsinho e o irmão Emerson, Bi Campeão mundial de F1.
Depois de um intervalo de 30 anos, a categoria foi recriada pelo engenheiro Roberto Zullino, que em 2011 lançou um novo carro e produziu até o momento mais de 65 unidades. Os carros desenvolvidos durantes os dois períodos mantiveram o ponto forte da categoria que é manter o custo baixo, para iniciantes no automobilismo ou para aqueles que querem ter um hobby.


Foto: Carlos Freitas

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Kenner Garcia, de Uberlândia, chega em segundo na 1ª Fórmula Vee Intercontinental Cup no Brasil
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial