terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Alunos da Escola Livre do Grupontapé estreiam espetáculo “A aurora da minha vida”

Com o processo de um ano o núcleo estreia espetáculo e dá origem a uma nova companhia de teatro na cidade.
​Peça teatral será encenada pelos alunos da Escola Livre do Grupontapé de Teatro
O espetáculo “A aurora da minha vida” estará em cartaz nos próximos finais de semana: 04 e 05, 11 e 12, 18 e 19 de fevereiro, na Escola Livre do Grupontapé de Teatro, localizada na Rua Tupaciguara 471, em Uberlândia-MG, sempre às 20 horas, a entrada é R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia).
A peça teatral será encenada pelos alunos da “Oficina de Montagem” da Escola Livre do Grupontapé que, que faz parte das ações propostas pelo projeto de manutenção do Grupontapé de Teatro aprovado na Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais.
Como parte do aprendizado também foram criados núcleos de desenvolvimento tanto artístico como de produção, para que os atores aprendizes pudessem vivenciar, na prática, o levantamento de recursos para viabilizar uma montagem.
"A aurora da minha vida" é um texto de Naum Alves de Souza, adaptado pela diretora da peça Juliana Nazar. Segundo a diretora da montagem, essa escolha foi feita partindo do princípio de que teatro é transformação, reflexão e visão crítica acerca de assuntos recorrentes.
“Nesse texto, há uma chamada para reflexão sobre o sistema educacional do Brasil, retratando uma escola ambientada na década de 70, com seus diretores, professores, estrutura escolar e os alunos, que estavam ‘sendo educados no caminho que deveriam andar’. Daí nos perguntamos: o que temos de diferente hoje? O que era a educação? O que hoje é a educação? O que mudou? Como a escola educa o aluno hoje? O que é recorrente?”, comenta Juliana Nazar.
Mesmo retratando a escola daquela época, o que se quer com esse espetáculo é trazer a discussão para a atualidade, sendo um estudo sobre o que foi, o que é e o que será da educação no Brasil.

OFICINA DE MONTAGEM
A “Oficina de Montagem” é uma das atividades oferecidas pela Escola Livre e já possibilitou que muitos alunos passassem pela experiência do processo de uma montagem teatral, algumas inclusive premiadas.
Todavia, volta e meia, os responsáveis pelo projeto deparam-se com dificuldades para captar o apoio das empresas e, no ano passado, não foi diferente. “Mesmo não tendo perspectiva de verba para a realização da montagem, resolvemos começar a oficina, pois tínhamos disponíveis a estrutura, os profissionais os alunos/atores que toparam e investiram nessa empreitada.  Aproveitamos o limão e fizemos uma limonada, criamos um Núcleo de Produção com os próprios alunos e conseguimos pedagogicamente angariar mais recurso. No decorrer da montagem também conseguimos adequar o projeto para custear algumas despesas”, diz Katia Bizinotto, coordenadora de projetos da Escola Livre e que assumiu o Núcleo de Produção.
Na avaliação da professora Juliana Nazar, o trabalho foi intenso e profundo, tanto que esses alunos/atores já se articularam para formar um grupo teatral a partir dessa montagem. Portanto, esse projeto também representa uma transição, pois passarão de ‘alunos da Oficina de Montagem da Escola Livre do Grupontapé’ para a ‘Cia Tropeço de Teatro, nome com o qual passará a se identificar”, destaca a diretora da montagem, a professora Juliana Nazar.

RECONHECIMENTO
Antes mesmo da estreia, o grupo do espetáculo já foi premiado várias vezes. No Festival Sol Curtas Cenas de Araguari (MG) com as indicações: “Melhor cena”: "A aula de leitura" e “Melhor direção”: Juliana Nazar. No Festival Mínima Cena Uberaba com a indicação: “Melhor direção”; e premiações: “Melhor atuação”: Sara Bernardes, “Segunda melhor cena”: "A aula de leitura", e no Fest 15 Uberaba com as premiações: “Segunda melhor atriz”: Janaina Mangini, “Segunda melhor direção”: Juliana Nazar e “Segunda melhor cena”: "O aluno que comia caca de nariz".

SERVIÇO
O quê: Estreia do espetáculo “Aurora da Minha Vida”
Quando: 04 e 05, 11 e 12, 18 e 19 de fevereiro
Local: Escola Livre do Grupontapé de Teatro - Rua Tupaciguara 471, em Uberlândia-MG
Horário: Sempre às 20 horas
Entrada: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia)

EQUIPE ENVOLVIDA
Direção: Juliana Nazar
Texto: Naum Alves de Souza
Adaptação e Direção: Juliana Nazar
Elenco: Aryel Costa, Betina De Bem, Enderson Silva, Faninho Ebenézer, Giovanna Faria, Janaína Mangini, Johan Alves, Luan Taylor, Maria Fernanda Nunes, Meirielle Cândido, Michelle Cândido, Náthaly Vieira, Ryan Carlos, Sara Bernardes, Sylvana Santos
Assistente de Direção: Janaina Mangini
Preparação Corporal:  Aryel Costa
Preparação Musical: Marcial Rezende
Preparação Vocal: Sara Bernardes
Adaptação Melódica das Músicas: Betina de Bem, Sara Bernardes e Cícero Mota
Instrutor da Fanfarra: Faninho Ebenézer
Sonoplastia: Juliana Nazar
Adereços: Flávio Arciole
Iluminação: Juliano Rodrigues
​Cenário e Figurino: Juliana Nazar e Juliano Rodrigues
Consultoria Teatro Épico: Cássio Machado
Assistência Pedagógica: Laila Maria
Oficina de Construção de Instrumentos: Rafael Naufel
Coordenação de Produção Artística: Katia Bizinotto
Realização: Escola Livre do Grupontapé de Teatro
Núcleo de Direção
Coordenação: Juliana Nazar
Participante: Janaína Mangini
Núcleo de Produção
Coordenação: Katia Bizinotto
Participantes:  Enderson Silva, Faninho Ebenézer, Janaina Mangini, Luan Taylor, Meirielle Cânidido, Michelle Cândido, Náthaly Vieira, Sara Bernardes e Sylvana Santos
Núcleo Musical
Coordenação: Marcial Rezende
Participantes: Betina de Bem, Fâninho Ebenezer e Sara Bernardes
Apoio: Cícero Mota
Núcleo de Figurinos:
Coordenação: Juliano Rodrigues

Giovanna Faria, Luan Taylor, Meirielle Cândido, Michelle Cândido, Náthaly Vieira

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Alunos da Escola Livre do Grupontapé estreiam espetáculo “A aurora da minha vida”
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial