terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Produtor cultural de Uberlândia recebe homenagem do governo de Minas Gerais

O produtor cultural, Rubem dos Reis, diretor da Produtora Balaio do Cerrado e um dos coordenadores do Grupontapé de Teatro de Uberlândia-MG, recebeu, no dia 16 de dezembro, em Araxá-MG, no Território Triângulo Sul, a Medalha Calmon Barreto destinada a homenagear personalidades e instituições que se destacaram em prol do desenvolvimento das atividades culturais e turísticas de Minas Gerais.
O evento contou com a presença do governador Fernando Pimentel que, em discurso, ressaltou o objetivo de administrar “com os olhos no interior e para cada região e reforçou o sentimento de mineiridade, que é próprio do estado. “Sinto hoje, aqui em Araxá, um sentimento forte de mineiridade. A austeridade dos mineiros, austeridade com o recurso público, com os recursos naturais, quando se trata daquilo que é o bem comum e que merece, portanto, todo cuidado e respeito”, afirmou.
Também participaram da cerimônia secretários de estado e lideranças municipais de Araxá e da região, entre eles também o Deputado Bosco, Presidente da Comissão de Cultura da ALMG que foi o orador do evento.
Além de Rubem dos Reis outras oito pessoas foram homenageadas. “Fiquei muito honrado com essa homenagem. Esse é o reconhecimento da luta que travamos para manter a cultura de pé em Uberlândia, na região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba e no estado como um todo. Durante grande parte da minha vida resolvi levantar a bandeira da arte e da cultura e lutar para defender os interesses de uma coletividade. Acredito que a união e a conscientização dos envolvidos de que a cultura é importante para a economia podem sustentar esse segmento que tanto sofre com as crises políticas e econômicas vivenciadas por nosso país. Agradeço ao Secretário Estadual de Cultura, Ângelo Oswaldo, que me indicou para receber essa condecoração e afirmo que é um reconhecimento que fortalece a nossa luta pela cultura em Minas Gerais”, declara Rubem dos Reis.

Medalha
A Medalha Calmon Barreto foi instituída em 1999, pela Lei 13.371 e é entregue anualmente, sempre coincidente ao aniversário de Araxá, que neste ano completou 151 de emancipação, no dia 19/12. O nome da honraria é em homenagem ao artista plástico araxaense, Calmon Barreto de Sá Carvalho, que se destacou por suas obras como desenhista, pintor, escultor e escritor.

Passagem pelo Consec-MG

Rubem dos Reis despede-se, neste ano, do Consec-MG – Conselho Estadual de Política Cultural do qual, no último mandato, foi seu vice-presidente, tendo contribuído efetivamente no período de quatro anos com a criação do 1º Plano Estadual de Cultura de Minas Gerais. Como conselheiro também foi o Coordenador do Comitê de Representação da Assembleia Legislativa de Minas Gerais para o Plano Estadual de Cultura e também da Câmara de Fomento e Financiamento.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Produtor cultural de Uberlândia recebe homenagem do governo de Minas Gerais
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial