terça-feira, 6 de dezembro de 2016

PNAT 2017 contará com teste de Eficiência Alimentar

Regulamento do programa inova com obrigatoriedade da prova para as raças Nelore e Nelore Mocha 

A ABCZ anunciou esta semana o Regulamento para a edição 2017 do Programa Nacional de Touros Jovens (PNAT). A principal mudança desta edição é a obrigatoriedade do teste de Eficiência Alimentar para as raças Nelore e Nelore Mocha. Para as demais raças, em havendo número mínimo, o teste também passa a ser obrigatório para aquela raça.
“Além do critério da avaliação genética do Programa, este teste capacitará os animais que são eficientes no quesito de grande custo econômico para a atividade pecuária”, destaca o gerente de melhoramento genético da ABCZ, Lauro Fraga, contando ainda que a prova será realizada na FAZU entre os meses de maio e agosto.
A iniciativa vem atender uma exigência do mercado, que procura animais cada vez mais produtivos. “É uma característica de grande impacto econômico nos sistemas de produção, pois produzir carne consumindo cada vez menos recursos, implica em maior eficiência e, consequentemente, menor impacto ambiental e maior lucratividade para o criador”, define Henrique Ventura, Superintendente Técnico-Adjunto de Melhoramento Genético da ABCZ.
A proposta de incluir mais uma etapa de avaliação no PNAT surgiu no Conselho PMGZ Corte, formado por Claudio Sabino Carvalho Filho, Fabiano Rodrigues da Cunha Araújo, Luciano Borges Ribeiro, Maurício Aparecido Teodoro de Souza Filho e Tarcisius Galvão Tonetto, além dos consultores Fabyano Fonseca e Silva,  Fernando Flores Cardoso e José Aurélio Garcia Bergmann.
O criador José Luiz Niemeyer dos Santos, que participa há três anos do PNAT e teve animais classificados nas últimas duas edições, comemorou a mudança. “Eu acho que a ABCZ tem que acompanhar toda demanda de mercado, utilizando a tecnologia disponível. Nossa pecuária muda constantemente e caminha para um sistema cada vez mais intensivo. Precisamos cada vez produzir mais em uma área menor em um menor espaço de tempo. E a eficiência alimentar é fundamental para isso”, afirma.


PNAT. O Programa Nacional de Avaliação de Touros Jovens seleciona reprodutores zebuínos registrados com idades entre 18 e 30 meses onde os animais precisam ter o iABCZ máximo 5% para a raça Nelore e 10% para as raças Brahman, Gir, Guzerá, Indubrasil, Sindi e Tabapuã. Como diferencial, conta com um processo de seleção democrático com a participação de criadores, técnicos e centrais de inseminação. Os animais têm doses de sêmen distribuídas gratuitamente a propriedades cadastradas na ABCZ, promovendo a democratização do melhoramento genético.
Ao todo, 480 touros já participaram das sete edições do PNAT, 74 congelaram e tiveram suas doses distribuídas. Em 2016, 23 foram selecionados e estão em coleta em centrais parceiras, sendo que já estão sendo entregue doses aos rebanhos colaboradores e a expectativa da comissão organizadora do PNAT é de crescimento pelo menos de 20% em rebanhos colaboradores e número de doses distribuídas.

Os interessados em participar do Pnat de 2017 devem ficar atentos às datas.  As inscrições para o Teste de Eficiência Alimentar se encerram no dia 10 de abril de 2017. Em agosto, os animais pré-aprovados participam da ExpoGenética.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

PNAT 2017 contará com teste de Eficiência Alimentar
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial