sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Pensamentos positivos contribuem para a saúde e a longevidade

O que parece assunto de livro de autoajuda já é comprovado pela ciência: emoções positivas podem tornar alguém mais saudável. De acordo com um estudo conduzido pelo Centro Médico da Universidade de Duke, nos EUA, que monitorou mais de duas mil pessoas por 12 anos, comprovou-se que pessoas otimistas sofrem bem menos doenças cardiovasculares, como um ataque cardíaco, por exemplo. Entre os otimistas pesquisados apenas 6% tiveram algum problema no coração.
            Manter o otimismo e os pensamentos positivos diante de tantas mazelas pessoais e mundiais, noticiadas todos os dias pelos diversos meios de comunicação, não é tarefa fácil. Porém, segundo o médico geriatra Fernando Mattar Accetti do hospital Santa Clara, vale o esforço para a melhora geral de quadros de saúde. “É nítido que pessoas que são positivas tendem a ser mais engajadas e, por esse fato, elas acabam por usufruir mais de boas atividades mentais e físicas e lidam melhor com o ambiente à sua volta”, disse Accetti.
            Para o geriatra a longevidade está relacionada diretamente aos bons pensamentos. “Inclusive, no caso de doenças genéticas diagnosticadas e constatadas, é de fundamental importância que o paciente tenha pensamentos sadios para que ele saiba lidar, da melhor forma possível, com o caminho a ser percorrido.”
            Por isto, uma mentalidade positiva ajuda a evitar o stress, além de ajudar a separar o que é bom na sua vida do que é ruim para você, evitando assim que os aspectos negativos tomem o controle da sua mente.

            O otimismo, além de fazer bem, também desperta a sua mente para novas possibilidades. Quando pensamos de forma negativa, as chances de perder boas oportunidades se tornam maiores.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Pensamentos positivos contribuem para a saúde e a longevidade
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial