terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Espaços de coworking crescem no Brasil

Em Uberlândia-MG, empresas compartilham a estrutura do i9 Hub.
i9 Hub, em Uberlândia-MG, conta com 14 posições para coworking ​
Diante do atual cenário econômico desfavorável, cresce o número de empresas de pequeno e médio porte do Brasil que estão em busca de soluções práticas que aliviam o bolso na hora de bancar os custos mensais, principalmente aqueles que são fixos. E, nesse contexto, os espaços de coworking (escritórios compartilhados) despontam como uma boa saída.
Uma pesquisa realizada pelo Movebla e Ekonomio em parceria com Coworking Brasil e com o apoio do Seats2meet mostra que, no Brasil, em 2016, foram registrados 378 espaços ativos, um crescimento de 52% em relação ao ano anterior. No ranking dos estados, São Paulo lidera com 148 locais e, em seguida vem Minas Gerais com 37 e, em terceiro, o Rio de Janeiro, com 35. Em Minas Gerais, houve um crescimento de 60% nesse ano em relação a 2015.
     No estado mineiro, a maior parte dos espaços de coworking está na capital Belo Horizonte (24), mas o interior também conta com escritórios compartilhados. É o caso de Uberlândia, no Triângulo Mineiro. Desde 2015, a cidade tem um hub de inovação, mantido pela i9 – centro de desenvolvimento de tecnologia e inovação – onde algumas empresas usufruem da mesma estrutura.
        O i9 Hub funciona na sede da entidade e foi construído para unir inovação, criatividade e conforto. Os usuários do espaço têm acesso a um ambiente moderno, colorido e integrado, com mobiliários e decoração que casam com bem com a tecnologia e dão asas a inovação. “Hoje atendemos muitas startups, mas o espaço está aberto para qualquer empresa que trabalha com a tecnologia e inovação. Elas pagam um custo mensal e podem usufruir de todo o espaço”, comenta o assessor comercial da i9, Guillherme Freitas.
         O diretor da startup Latu Negócios, Marcos Caixeta Valim, é um dos que usufruem do espaço. Segundo o empresário, o primeiro motivo que o levou a trabalhar no espaço de coworking é o tamanho da empresa. “Não justifica, no momento, eu contratar um espaço específico para instalar minha empresa, pois ficaria muito caro. Eu teria de pagar aluguel, limpeza, energia elétrica, internet e vários outros custos agregados, enquanto aqui no Hub eu tenho acesso a todos esses serviços. Hoje meu custo é somente o valor da posição que ocupo aqui e com certeza sai muito mais barato do que se eu fosse contratar por conta. Por outro lado, também tem os contatos com as outras empresas, pessoas de outras áreas que frequentam o mesmo local, que podem gerar futuros negócios”, destaca.
     Além do espaço de coworking, o i9 Hub oferece ainda salas de reuniões e treinamentos, área gourmet, consultorias e mentorias para os empreendedores. “Todos os meses nós promovemos eventos para movimentar o Hub. Além dos associados da i9 e os usuários do nosso espaço de coworking, nós convidamos a comunidade para participar das nossas atividades, pois o objetivo da entidade é fomentar o setor de tecnologia e inovação de Uberlândia, contribuindo de alguma forma para o desenvolvimento do setor”, acrescenta o presidente da i9, Robson Xavier.  
      Atualmente, o i9 Hub conta com 14 posições para coworking, sendo seis já ocupadas por empresas de Uberlândia.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Espaços de coworking crescem no Brasil
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial