terça-feira, 6 de setembro de 2016

Sinduscon-TAP discute uma série de ações para melhoria do setor

O Sindicato da Indústria da Construção Civil do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba (Sinduscon-TAP) reuniu sua diretoria na última quinta-feira (1) para debater assuntos diversos do setor. O encontro, realizado uma vez ao mês, aconteceu na Fiemg Regional. O presidente do Sinduscon-Tap, Pedro Spina, falou sobre a missão técnica para a Concrete Show South América que aconteceu em São Paulo, nos dias 24 a 26 de agosto. O evento é o único da América Latina que reúne toda a cadeia produtiva do concreto.

Outro assunto em pauta foi o sucesso do Dia Nacional da Construção Social que reuniu no último fim de semana, no Sesi Gravatás, cerca de 2,2 pessoas. O Dia Nacional da Construção Social ocorreu simultaneamente em 32 cidades do país.

O próximo evento no qual o Sinduscon-Tap mobiliza a participação dos empresários do setor é o Minascon, que acontece de 7 a 9 de setembro, das 10h às 20h, no Expominas, em Belo Horizonte. O Minascon é um evento unificado da construção civil e ponto de encontro entre todos os envolvidos na cadeia produtiva do segmento. Além de mostras e palestras, que trazem os assuntos mais importantes do momento para a construção civil e a sociedade em geral, será rico em debates, congressos e conferências.  A Legran, empresa de Uberlândia, especialista em produção de estruturas pré-fabricadas de concreto, lajes com vigotas protendidas, lajes alveolares e estruturas protendidas terá um estande no Minascon. Há mais de 30 anos no mercado, a Legran pretende não apenas expor sua marca, mas também fechar negócios.   

O comprometimento com qualidade, pontualidade e bom atendimento são apontados pelos nossos clientes como pontos forte da empresa. A empresa investe constantemente em desenvolvimento tecnológico para oferecer os melhores produtos de para os mais diversos projetos, desde pequenas a grandes estruturas como shopping centers, penitenciárias e supermercados. Para o nosso diretor Paulo Sampaio “A perseverança, determinação, paixão e muito trabalho foram os responsáveis por nos levar aos resultados obtidos até hoje, e são esses os pilares que nos mantem em nosso caminhada”.

Seguindo o modelo da cooperativa de compras do Sinduscon-MG, Pedro Spina colocou em discussão a ideia da criação de uma cooperativa similar que ajude os empresários a reduzir preços das matérias-primas e também conseguir maior flexibilidade em relação a prazos e logística de entregas. Também falou sobre a Câmara Internacional de Acompanhamento de Empreendimentos e Obras da Construção Civil e Infraestrutura que viabiliza junto às secretarias de Estado as demandas pendentes em relação a Cemig, Copasa, etc. Também é plano do Sindicato ampliar e melhorar o atendimento no laboratório junto ao Senai para que as construtoras possa utilizá-lo.

Outro assunto em pauta foi a possível contratação de uma pesquisa de mercado imobiliário a fim de revelar as estatísticas acerca do desenvolvimento das construções em Uberlândia. Também entrou em discussão a possibilidade da criação do programa Alvará na Hora, no mesmo molde do já existente em Belo Horizonte, que tem como intuito acelerar a liberação do documento para início de obras no município de Uberlândia. Com o projeto, se tornaria possível ampliar e modernizar o conceito de licenciamento de edificações por tornar mais ágil à emissão do alvará de construção, além de incrementar a atividade de construção civil na cidade.


“Todos os projetos precisam ser melhor embasados, mas de essencial importância para o setor na região de Uberlândia e Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba e precisam ser repensados com carinho para que saiam de meras propostas”, disse Pedro Spina.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Sinduscon-TAP discute uma série de ações para melhoria do setor
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial