terça-feira, 13 de setembro de 2016

Orquestra homenageia Conservatório Renato Frateschi

A apresentação será nesta quarta-feira, no Teatro Sesi, com entrada gratuita 

A Orquestra Sopro de Vida, composta por alunos e professores do conservatório Estadual de Música Renato Frateschi e Convidados, se apresenta para a comunidade de Uberaba e Região e, nesta quarta-feira (14), às 19h30, no Teatro SESI/Centro de Cultura José Maria Barra, com entrada gratuita, homenageará o Conservatório pelos seus 67 anos completados no último dia 6. 
Com o grupo instrumental, se apresentam também a cantora cantor Lívia Alexandra Carvalho e o tenor Thiago Neves, um dos vencedores da edição de Estilos – o quadro do programa Tudo É possível, que abriu concurso para premiar tenores com a gravação de um CD pela Sony Music. 
Haverá participação especial de alunos de balé e do curso de violino que, assim como outros projetos que a escola possui, os violinos têm seu projeto de cordas friccionadas organizado pelos professores Marcos Fuzaro e Giordan Benfica Mendes.
A realização é do Projeto Quarta Cultural, uma parceria do Movimento Cultural de Uberaba com o SESI - Serviço Social da Indústria para utilização do Teatro SESI Uberaba. Ocorre nas datas definidas para os selecionados de acordo com edital. Serão escolhidos projetos de espetáculos de Artes Cênicas (teatro, teatro de animação e formas animadas, circo e dança) e música, destinados ao público adulto e infantil.

História
O Conservatório Musical de Uberaba foi fundado em 4 de março de 1949 como entidade particular pelo casal maestro Alberto Frateschi e Alda Loes Frateschi, com sede na rua Artur Machado, 137. Em 3 de novembro de 1954 foi oficializado pelo governador do Estado de Minas Gerais Dr. Juscelino Kubitschek de Oliveira. Contava com 30 alunos e seis professores. Em 6 de setembro de 1967 o conservatório foi doado ao Estado mudando seu nome para Conservatório Estadual de Música Renato Frateschi em homenagem ao professor, maestro e pai de Alberto Frateschi. Naquela época, a direção da escola foi conferida à senhora Alda Loes Frateschi, que permaneceu no cargo até 1987. Com a aposentadoria dela, assumiu a diretora Cristina Hueb Cecílio em 1987 e esta gestão permaneceu até 1992.
O Conservatório que até esta dada funcionava na rua Constituição, 7, mudou-se para a Praça Rui Barbosa, 35, aguardando sede própria. Neste período, assumiu a direção a professora Lélia Bruno Sabino. Em seguida,  a professora Adriana Aparecida Gomes de Queiroz, que administrou a escola até o ano 2000. Posteriormente, assumiu o cargo a professora Edna Mara Pantaleão Marques. Após esta gestão, a escola foi administrada pela professora Edisonina Fernandes Ferreira, que afastou-se por motivo de aposentadoria em meados de 2010. Por esta ocasião, a professora Adriana Maria Pereira Rocha Batista  assumiu a direção e nela permaneceu até 2015. Atualmente, a escola está sob a administração da professora Maria Luísa Fernandes Cardoso, contando com 3250 alunos, 120 professores e 20 servidores no setor administrativo.

São aceitos alunos a partir de 6 anos de idade com projetos que envolvem até a terceira idade. Segundo Maria Luisa, além de aula de canto, os instrumentos oferecidos são: acordeon, bateria, flauta doce e transversal, cavaquinho, clarineta, contrabaixo, guitarra, órgão, percussão, piano, saxofone, teclado, trompete, trombone, violino, viola, violoncelo e violão.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Orquestra homenageia Conservatório Renato Frateschi
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial