segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Crianças e adolescentes de Uberlândia preparam espetáculo inédito

Por meio do Programa Transforma – Oficinas de Artes Cênicas, 150 participantes desenvolvem habilidades e competências, ampliam seu repertório cultural e transformam perspectivas de vida. 

Mais de 150 crianças e adolescentes do EMCANTAR, no bairro Alvorada, estão produzindo um espetáculo inédito, através do Programa Transforma – Oficinas de Artes Cênicas, com canções da cultura popular e do Grupo EMCANTAR.  Nas oficinas, os jovens já vivenciaram brincadeiras tradicionais, jogos teatrais e alguns ritmos musicais diferenciados, como reggae, hip hop, entre outros. Estilos trazidos pelos próprios alunos para as oficinas: “São ritmos bastante complexos e difíceis de trabalhar, mas os resultados foram maravilhosos”, diz Luciene Andrade, atriz, cantora e coordenadora das oficinas. “Usamos tudo o que eles trouxeram, dialogando com o conteúdo proposto no planejamento das oficinas”, acrescenta.
As crianças também se envolveram em pesquisa e criação, e alguns colaboraram com importantes ações para o resultado a que estão chegando. Como Gabriela Martins, de 15 anos, que criou um poema com o tema do espetáculo, e Juan Pablo, de 16 anos, que se disponibilizou a criar as maquiagens dos atores. “Estou muito animado em poder ajudar na produção. Eu amo atuar, e descobri que sou bom em criar maquiagens, transformar expressões”, diz Juan, que está no projeto há cinco anos. Ele afirma que as oficinas mudaram sua perspectiva de vida. “Graças aos projetos desenvolvidos pelo EMCANTAR eu comecei a tirar notas melhores na escola, aprendi a gostar de ler, melhorei minhas atitudes em casa, consigo interagir melhor com as pessoas”, conta o garoto. 

Das oficinas para o palco...
As atividades do Programa Transforma – Oficinas de Artes Cênicas são divididas em três etapas: estímulo, na qual as crianças e adolescentes têm a oportunidade de entrar em contato com diferentes obras culturais; criação, quando todos, em conjunto, começam a criar diversas cenas e músicas; e produção, na qual já é definido o tema do espetáculo e os participantes começam a produzir para a apresentação final.
Por meio desse processo eles chegaram ao rascunho do espetáculo. As turmas passaram a pensar no roteiro, que tem como base três obras literárias: “Bem-te-vi e outras poesias”, de Lalau e Laura Beatriz, “Pássaros Sem Cor”, de Luis Norberto Pascoal e “Pequeno Pode Tudo”, de Pedro Bandeira.
“O espetáculo está ficando muito bonito e poderá ser apreciado por todos na apresentação aberta ao público, durante o ‘Alvorada Cultural’, no dia 26 de novembro no clube CESAG, das 15h às 18h. Ninguém pode perder!”, diz Fernanda Lemos, coordenadora dos projetos sociais realizados pela Associação EMCANTAR.
O “Programa Transforma – Oficina de Artes Cênicas – Ano II” é apresentado pelo Ministério da Cultura, Governo de Minas e Instituto Algar, realizado pela Associação EMCANTAR, em parceria com o Programa Transforma, por meio da Lei Rouanet e Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais.

Sobre o Instituto Algar
Por acreditar que a educação é o caminho que vai levar o Brasil a uma realidade melhor, o Grupo Algar investe, desde 1994, em programas sociais voltados à comunidade. A ideia é contribuir com a melhoria da qualidade da educação brasileira. Ao longo dos anos, estes programas cresceram e, em 2002, passaram a ter a gestão do Instituto Algar e uma atuação em três dimensões: social, ambiental e cultural. Os programas sociais chegam a 25 cidades, 102 escolas parceiras, 8.020 mil alunos beneficiados, 225 educadores envolvidos e a participação voluntária de 1.150 associados da Algar.

Sobre o EMCANTAR
É um grupo que há 19 anos trabalha com Arte e Educação. Na vertente artística, já lançou cinco álbuns: EMCANTAR (1999), MUTIRÃO (2003), PARANGOLÉ (2009), ESCUTATÓRIA (2012) e ENTREDENTES (2013). Além disso, realizou mais de 800 apresentações para mais de 250 mil pessoas de diversas cidades do Brasil.

Na área educacional, desenvolve projetos de formação em artes, cultura e meio ambiente, através dos quais já envolveu mais de 30 mil pessoas, especialmente, educadores, crianças e adolescentes de regiões periféricas. Para saber mais, acesse: http://www.emcantar.org

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Crianças e adolescentes de Uberlândia preparam espetáculo inédito
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial