quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Banco mineiro inova com ferramenta semelhante ao Pokemon Go

Instituição financeira aposta em inovação e simplicidade para fomentar a venda de máquinas de cartão. 

O Tribanco - Banco do Triângulo, braço financeiro do Grupo Martins com sede em Uberlândia-MG e atuação em todo território nacional, encontrou uma solução simples e inovadora para fomentar a venda de máquinas de cartão para as cerca de 400 mil pequenas e médias empresas clientes do grupo espalhadas por todo o país. 
A instituição desenvolveu um aplicativo para o sistema Android que auxilia o time de vendas  a comercializar os dispositivos no mercado varejista. O Indica SIM – nome dado à nova ferramenta de vendas – está em atividade desde o final de agosto. Com tecnologia de geolocalização, o aplicativo tem características semelhantes ao game conhecido mundialmente Pokemon Go.
Por meio de geolocalização e inteligência de dados, os vendedores conseguem identificar e rastrear os clientes com maior propensão à venda da máquina. “Agilizamos a busca com uma tecnologia digital semelhante ao Waze, por meio da qual deixamos nosso representante literalmente 'na cara do gol', todavia, o contato físico para efetivação da compra é fundamental para nossa estratégia. Nós queremos fugir da captação online, pois é necessário conhecermos e estarmos próximos de nossos clientes unindo o melhor dos mundos: captação física e relacionamento digital”, argumenta o superintendente de inovação do Tribanco, Heitor Barcellos.
Segundo o diretor de Adquirência do grupo, Mário Attiê, o projeto prevê a interatividade e a otimização dos processos de vendas. “Em um momento em que a tecnologia permeia a vida das pessoas e os negócios, a criação desse aplicativo vem simplificar o processo de ‘caça ao cliente’. Fomos na linha das mídias sociais para oportunizar essa interação entre nossas equipes de vendas e nossos potenciais clientes, com o intuito de facilitar o processo e ganhar velocidade de venda”, explica.

Participantes do Hackatri desenvolveram o projeto
O aplicativo foi desenvolvido por um dos grupos vencedores do Hackatri – hackathon do Tribanco - realizado em maio deste ano, na sede do banco, em Uberlândia, com o intuito de envolver estudantes, empreendedores e profissionais do ramo de tecnologia e inovação em busca de soluções para projetos da instituição financeira. “O grupo que ficou na segunda colocação foi escolhido para desenvolver o que chamamos de 'produto minimamente viável', ou MVP na sigla em inglês. O resultado superou as nossas expectativas, afinal, mesmo em sua primeira versão já era possível vislumbrar o atendimento de todos os nossos requisitos principais, como: ser preciso na identificação de potenciais clientes, auxiliar o vendedor com eventuais dúvidas sobre o produto e um completo acompanhamento dos processos de venda, entrega, instalação e ativação da ferramenta. Tudo isso de forma simples, rápida e online, na palma da mão, por meio do smartphone”, explica Barcellos.
Segundo o superintendente, sempre haverá aprimoramentos para tornar o IndicaSIM cada vez mais completo. “Já temos um calendário de lançamentos até o início de outubro, mas, creio que ainda demorará muito tempo para sairmos do 'Beta'. O mercado de pagamentos está passando por importantes transformações e nossa visão é que o nosso sucesso dependerá não tanto das funcionalidades que disponibilizamos hoje, mas sim de quão rápido podemos reagir às mudanças futuras”, pondera.

Informações sobre o Tribanco
* R$ 1,5 bilhão de ativos
* Opera no “aquário” de clientes do grupo Martins (~400.000 clientes pessoa jurídica)
* 850 funcionários
* Atuação nacional
* 26 anos de fundação

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Banco mineiro inova com ferramenta semelhante ao Pokemon Go
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial