terça-feira, 30 de agosto de 2016

IEATM quer criar Núcleo de Prática

Integração entre universidade e profissionais habilitados pode solucionar a dificuldade de acadêmicos conseguirem estágio para a conclusão do curso e atender a população de baixa renda em situação de risco com obras de qualidade. O Instituto de Engenharia e Arquitetura do Triângulo Mineiro (IEATM) se inspira no que acontece nos cursos de Direito com o Núcleo de Prática Jurídica ou de Administração com a Empresa Modelo. Para a concretização, a diretoria analisa a incorporação do Núcleo na ementa dos cursos de Arquitetura e Engenharia. A ideia foi apresentada pelo diretor do IEATM, arquiteto Felipe Colmanetti, que coordena o IEATM Jovem.
Os diretores avaliam a possibilidade de fazer do Núcleo um instrumento permanente, resultando da parceria entre universidades, instituições e Prefeitura. Parceria nessa linha evidencia o papel social dos profissionais envolvidos e no crescimento profissional dos universitários, contribuindo para a valorização da Arquitetura e Engenharia e melhor entendimento a respeito das áreas pela população.
A concretização do que se poderia chamar de Núcleo de Prática da Construção (NPC) pode transformar a cidade em um cliente potencial propiciando aos alunos, conduzidos por professores e profissionais, colocarem em prática junto àquela parcela da população que não pode pagar pelos serviços de arquitetura e engenharia, os conhecimentos adquiridos em sala de aula.

Os próprios alunos podem propor projetos para restaurar e reparar problemas que afligem grande parte da população relacionada à moradia, ou à falta dela, e também a cidade como um todo, objetivando a restauração e reparo de escolas, creches, praças, hospitais, asilos, equipamentos urbanos, etc.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

IEATM quer criar Núcleo de Prática
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial