segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Dia Nacional da Construção Social em Uberlândia reuniu mais de 2 mil pessoas



 Mais de 2,2 mil trabalhadores da construção civil e suas famílias participaram da 3ª edição do Dia Nacional da Construção Social em Uberlândia, no último sábado (27). A festa foi promovida pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba (Sinduscon-TAP) e pelo Serviço Social da Indústria da Construção Civil do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba (Seconci-TAP). Ainda contou com o apoio da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e do Sesi Nacional. O evento também aconteceu simultaneamente em outras 32 cidades do País pela 10ª vez.
            As famílias aproveitaram as brincadeiras, esportes, brindes e apresentações culturais que ficaram disponíveis das 10h às 16h, no Sesi/Gravatás. Também teve estandes de parceiros que deram orientações sobre saúde, alimentação, artesanato, oportunidade de cortar o cabelo, receber massoterapia, aferir a pressão arterial e ainda avaliar a pressão ocular.
            “Verificamos antecedentes familiares e outras pré-disposições ao glaucoma, além de mediar a pressão ocular. Todos foram orientados sobre a importância da prevenção”, disse Cristina Rosa da Iso Olhos.
            Com a esposa, dois filhos e o cunhado, o armador Wagner Mir, de 46 anos, aproveitou a festa e todas as dicas. “Todo mundo se divertiu bastante. Medi a pressão arterial e a do olho e vi que está tudo bem. Mas é sempre bom ficar atento à saúde. É muito bom ter um evento assim, em que toda a família pode participar e se divertir.”
            O carpinteiro Walter de Paula Marques, de 40 anos, também trouxe a esposa e quatro filhos para aproveitar a festa. “As crianças estão se divertindo muito. Cortaram o cabelo, tomaram picolé, estão aproveitando bastante. E a gente aproveita esse momento de lazer em família, que é muito importante”, disse Marques.
            A esposa dele, Maria Viviane brito da Costa, de 34 anos, se interessou pelos mini-cursos ministrados nos estandes parceiros. “Gostei muito do bordado.”
            Já a dona de casa Silvana Sato, de 45 anos, aproveitou bastante a massoterapia. “É muito bom. Além de as crianças se divertirem aqui, a gente descansa e relaxa.”
            Segundo o presidente do Sinduscon-TAP, Pedro Spina, o evento em Uberlândia foi um sucesso. “Conseguimos proporcionar um dia agradável a todas as famílias. É sempre muito importante ter essa interação entre todos”, afirmou Spina.
            Ainda de acordo com Pedro o evento é um momento de homenagem e agradecimento aos trabalhadores e suas famílias. “São esses trabalhadores que constroem a nossa cidade e leva o progresso. Apesar das dificuldades que todos os setores estão passando este ano, temos que comemorar e ter a esperança de dias melhores”, acrescentou.
            A presidente do Seconci-TAP, Cristina Oliveira Gonçalves, também avaliou como positiva a comemoração. “Foi tudo muito bem organizado. Todo mundo gostou e esperamos que no próximo ano consigamos levar mais famílias para um dia cheio de diversão e lazer para todas as idades”.
  
Números:
 Atendimento: 1.875
 Serviços de cidadania: 6
 Serviços de lazer: 775
 Serviços de educação: 266
 Serviços de saúde: 608
 Outros serviços: 220
 Refeições fornecidas: 1.300
 Lanches fornecidos: 2.234
 Parceiros: 35
 Pessoas atendidas: 2.200
  

Compartilhar

Postagens Relacionadas

Dia Nacional da Construção Social em Uberlândia reuniu mais de 2 mil pessoas
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial