segunda-feira, 11 de julho de 2016

McDia Feliz 2016 é lançado em Uberlândia

A renda obtida em Uberlândia e Patos de Minas será utilizada na compra de equipamentos para o setor de radioterapia 

A manhã do último dia 6 de junho no Hospital do Câncer foi dedicada ao lançamento local do McDia Feliz 2016, a maior campanha em prol de crianças e adolescentes com câncer no Brasil, coordenado nacionalmente pelo Instituto Ronald McDonald. A iniciativa visa captar recursos e apoiar projetos que contribuam para o aumento dos índices de cura do câncer infantil e juvenil, através da venda do lanche Big Mac.
Marcaram presença na cerimônia a madrinha do McDia Feliz na cidade, a senhora Ophélia Garcia; a coordenadora do McDia Feliz em Uberlândia, Ana Cláudia Pavarine; o presidente do Grupo Luta Pela Vida, Renato Pereira; o oncologista Rogério de Araújo; o médico e diretor do Hospital do Câncer, Eurípedes Barra, além de pacientes, voluntários e os Anjos da Alegria. Na ocasião a madrinha do projeto em Uberlândia, Ophélia Garcia e o interlocutor do Grupo Sabin, Danilo Matos, receberam uma tela, pintada por pacientes mirins.
Este é o 21º ano que o Grupo Luta Pela Vida, a ONG do Hospital do Câncer, é parceiro do Instituto Ronald em Uberlândia. Toda a verba arrecadada com a venda dos 16.600 tíquetes nos restaurantes de Uberlândia e Patos de Minas será destinada ao Hospital do Câncer em Uberlândia. A expectativa é angariar R$ 230 mil que serão revertidos para a aquisição das estações de anestesia, sistemas de planejamento de radioterapia e equipamentos de dosimetria para controle de qualidade do feixe de radiação voltados especialmente ao atendimento contra o câncer infantojuvenil.
De acordo com Eurípedes Barra, o objetivo da campanha é possibilitar melhores resultados no tratamento da doença e reduzir os impactos causados nos pacientes infantojuvenis. “A criança não pode ser tratada como adulto, pois precisa também de cuidados especiais. A tecnologia moderna dá mais precisão ao tratamento, uma vez que a radiação tem o alvo preciso para proteger o tecido sadio, que deve ser preservado e não ocasionar problemas futuros”, disse.

Dona Ophelia Garcia, Madrinha do McDia Feliz recebe quadro pintado pela paciente Rafaela
A coordenadora do McDia Feliz em Uberlândia, Ana Cláudia Pavarine, destaca como os recursos obtidos nos últimos anos com o McDia Feliz puderam proporcionar melhorias no atendimento infanto-juvenil oferecido no Hospital. “Todo nosso empenho é para oferecer ainda mais qualidade de tratamento e humanização às crianças e adolescentes. O desafio é vender, mas o desafio da criança em lutar contra a doença é ainda maior, por isso acredito muito na sensibilidade das pessoas nessa campanha tão importante”.
O presidente do Grupo Luta Pela Vida, Renato Pereira, disse que há 21 anos o Grupo Luta Pela Vida ousou em fazer parceria com o Instituto Ronald McDonald. “O objetivo é incentivar a sociedade a colaborar de alguma forma em prol da causa da luta contra contra o câncer. Tudo que existe hoje é obra da sociedade, por meio do Grupo. Estamos muito felizes em participar mais uma vez do McDia Feliz ”.

Atualmente o Hospital do Câncer atende cerca de 360 crianças de Uberlândia e região em diferentes estágios. Além do atendimento oncológico, as crianças e adolescentes podem usufruir de atividades dentro e fora do ambiente hospitalar, como as oficinas de artes, festas, que ajudam a enfrentar melhor o tratamento e desenvolver aspectos educacionais e artísticos dos pequenos pacientes.

Compartilhar

Postagens Relacionadas

McDia Feliz 2016 é lançado em Uberlândia
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Adicionar o seu endereço de e-mail para subscrever .

Página inicial